Mundo

Filipinas já evacuaram mais de 7 mil pessoas por erupção de vulcão

Above

A erupção do vulcão filipino Taal, que na madrugada desta segunda-feira (data local) começou a expelir lava, já forçou a evacuação de 7.742 pessoas nos municípios próximos, enquanto Manila, a 60 quilômetros, está sendo afetada pelas cinzas.

Os deslocados estão abrigados em 38 centros de evacuação disponibilizados pelas autoridades nos municípios mais afetados, segundo informou o Conselho Nacional de Redução de Riscos de Desastres (NDRRMC).

O Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia (Phivolcs) aumentou neste domingo o alerta de nível 1 para 4, em uma escala de 5, depois que a atividade na cratera de origem freática se intensificou ao longo do dia e gerou uma cortina de fumaça de um quilômetro de altura.

O nível 4 de alerta significa que o fluxo de lava e a erupção perigosa é iminente e que há um risco de tsunami vulcânico, já que o Taal – um dos menores vulcões do mundo – está localizado dentro de um lago.

Além disso, nas últimas 24 horas foram registrados até 75 terremotos de origem vulcânica, dos quais 32 foram sentidos com forte intensidade, incluindo um de 3,8 graus durante a madrugada.

Os aeroportos Ninoy Aquino e Clark de Manila – cerca de 90 quilômetros ao norte da capital – continuam fechados devido à falta de visibilidade e 109 voos internacionais e 87 voos domésticos foram cancelados.

As aulas e o expediente também foram suspensos em centros governamentais em Manila e na região de Calabarzon, onde estão localizadas as províncias de Batangas e Cavite, as mais afetadas pela erupção.

Nas áreas ao redor do vulcão, tudo está coberto por uma espessa camada de cinzas e fumaça tóxica desde sábado. O Departamento de Saúde recomendou que a população evite estar ao ar livre ou utilize máscaras. As autoridades também desaconselharam dirigir, pois a visibilidade é limitada e o solo está escorregadio por causa das cinzas.

As equipes da Cruz Vermelha das Filipinas já se deslocaram para a área para ajudar na evacuação. As Forças Armadas estão em alerta e enviarem cinco caminhões para transportar os evacuados.

O vulcão, que entrou em erupção 33 vezes desde 1572, matou cerca de 1.300 pessoas em uma erupção em 1911 e 200 em 1965.

EFE Manila

 

Below