Connect with us

Hi, what are you looking for?

Mundo

Ghosn entra na justiça da Holanda para conseguir documentos de sua demissão da Nissan e da Mitsubishi

Advogados de Carlos Ghosn, o ex-executivo do setor automotivo hoje foragido, solicitaram a liberação de documentos relacionados à sua demissão da Nissan Motor e da Mitsubishi Motors nesta segunda-feira (10) em um tribunal holandês.

Ghosn, ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, foi preso no Japão em 2018, mas fugiu para o Líbano em dezembro.

Em julho de 2019, ele iniciou um processo judicial contra as montadoras japonesas na Holanda, argumentando que sua demissão foi ilegal.

A audiência desta segunda-feira no Tribunal Distrital de Amsterdã foi a primeira sessão pública do caso. Ghosn está pedindo o equivalente a US$ 17 milhões de indenização das montadoras, que ele diz terem violado leis trabalhistas holandesas.

Um advogado da Nissan-Mitsubishi refutou as exigências da equipe legal de Ghosn pela liberação de documentos.

 

Fonte: G1

Os advogados de Ghosn sustentam que ele foi demitido injustamente da presidência da Nissan-Mitsubishi BV, uma entidade registrada na Holanda, porque os detalhes das alegações não foram compartilhados com ele. “Nissan e Mitsubishi humilharam Ghosn publicamente”, disse o advogado Roeland de Mol à corte. “Seus relatórios e acusações nunca foram submetidos a Ghosn. Não houve o devido processo legal.”

Fonte: G1

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Rondônia

Nesta manhã, a diretoria do SINPOL, reuniu-se com o Secretário de Saúde, Dr. Fernando Máximo, com o Secretário de Segurança Adjunto, Dr. Hélio Gomes...