Connect with us

Hi, what are you looking for?

Capital

Governo amplia capacidade de oxigênio no Hospital de Campanha da Zona Leste para tratamento de pacientes com Covid-19

A capacidade de oxigênio para atender pacientes de Covid-19 no Hospital de Campanha-Unidade Zona Leste(Antigo Cero) foi ampliada de nove mil para 21 mil metros cúbicos com a instalação do novo tanque na manhã desta sexta-feira (19). O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, acompanhou o processo e reforçou o compromisso com a saúde da população.

No hospital, há 50 leitos de UTIs e mais 10 leitos clínicos. ‘‘Isso vai dar segurança para o tratamento dos pacientes nessa unidade e o comando dado a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), é a ampliação da capacidade de oxigênio em todos os nossos hospitais. O que vai garantir oxigênio para os pacientes que precisam desse gás para sobrevivência’’, afirma o governador.

Em cumprimento a esse comando, a Sesau fortaleceu a capacidade de oxigênio na Rede Estadual de Saúde. Em Porto Velho, o Hospital de Campanha de Rondônia (antigo Regina Pacis) também tem capacidade para 21 mil metros cúbicos de oxigênio, no Hospital de Base, Ary Pinheiro são 45 mil metros cúbicos e no Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron)  são 32 mil metros cúbicos.

Enquanto que em Cacoal, são 12 mil metros cúbicos no Hospital de Urgência e Emergência Regional de Cacoal (HEURO) e outros 12 mil metros cúbicos no Hospital Regional de Cacoal. ‘‘Recebemos o comando do governador para não enfrentarmos os mesmos problemas que outros estados tiveram. O que nós tínhamos em capacidade de oxigênio já era suficiente, mas essa medida traz ainda mais segurança’’, reforça o secretário da Sesau, Fernando Máximo.

A iniciativa foi avaliada positivamente pelo represente da classe empresarial, Francisco Holanda. ‘‘É uma gestão que se antecipa as eventualidades para não vermos acontecer aqui o que aconteceu em Manaus com a falta de oxigênio. Ficamos feliz em ver um Governo sério, que tem diálogo com a sociedade para enfrentar a pandemia’’.

O volume maior de oxigênio nas unidades hospitalares do Estado faz parte das ações estratégicas de um Governo que se destaca pelo empenho em vencer a pandemia com estratégias precisas e inteligentes, sensíveis às necessidades da população, e com o compromisso firme em salvar vidas.

SESAU

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Brasil

Falta de matéria-prima importada ameaça fabricação de imunizantes contra a covid no país. IFA que chegaria esta semana para o Butantan só desembarca na...