Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Rondônia

Governo de Rondônia desenvolve novo sistema para atender gestão do ciclo do sangue na Fhemeron

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Tecnologia de Informação e Comunicação (Setic), apresentou nesta sexta-feira (22), o Sistema Integrado de Hemorrede de Rondônia (SIHRO), novo sistema em desenvolvimento que visa melhorar a gestão do ciclo do sangue da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron), além de formar um relatório mais completo sobre a quantidade de sangue disponível no Estado.

O SIHRO é um sistema automatizado que ainda está em fase de testes. Capaz de gerir todo o ciclo do sangue, desde a captação até a distribuição do material. O sistema controla cada etapa do processamento da bolsa de sangue, que é onde ocorre passos procedimentais da bolsa de sangue total, transformando-a em hemocomponentes.

O desenvolvimento do sistema foi iniciado no dia 9 de setembro de 2021 e finalizado nesta sexta-feira (22), um tempo menor do que o previsto, que era de 60 dias.

A gerente do projeto, Karine Santos, explica que “após estudos feitos com a Fhemeron, foi identificada a necessidade de uma ferramenta que otimize a gestão do ciclo do sangue. O sistema usado atualmente, o Hemovida, não atende mais a demanda do Estado, por não haver atualizações desde 2005 para as reais funcionalidades, como o processamento de sangue”. O novo sistema fará ainda uma integração com todos os hemocentros de Rondônia, melhorando a gestão do ciclo do sangue.

De acordo com a analista de negócios da Setic, Ádila Pires, “as funcionalidades apresentadas hoje, do processamento de sangue, são só uma pequena etapa do sistema, que seguirá futuramente com o desenvolvimento dos módulos de Recepção, Pré-triagem, Triagem e Coleta”.

As novas funcionalidades foram apresentadas durante uma reunião com técnicos da Setic que desenvolveram o sistema e técnicos da Fhemeron, que foram instruídos a como utilizar a ferramenta na prática. A reunião deu continuidade com um feedback da Fhemeron e novas pontuações para melhorias do sistema.

Ao concluir a etapa em que o sistema garante melhorias no processamento de sangue, a Setic dará seguimento ao projeto para otimizar cadastros de quem doa sangue e outras ferramentas que compreendem todo o ciclo do sangue, desde a coleta até a distribuição.

SECOM

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Destaques

Em 13 de setembro de 1943, foi criado o Território Federal do Guaporé, pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas. A política do Estado...