Capital Destaques Rondônia

Governo de Rondônia esclarece a ausência da bandeira hasteada no Trevo do Roque

No dia 29 de fevereiro, o portal Orondoniense, publicou um conteúdo questionando sobre a apartação da bandeira do estado de Rondônia, localizada na BR 364,  no Trevo do Roque.

Solicitamos uma resposta ao setor de comunicação do Estado, que por sua, vez encaminhou o seguinte esclarecimento:

A Casa Militar do Estado de Rondônia recebeu a responsabilidade sobre as instalações do referenciado mastro em janeiro de 2019.

A partir do momento em que recebeu a responsabilidade sobre o bem, a pasta buscou informações quanto aos subsídios que foram repassados pela gestão passada, sendo entregues duas bandeiras já muito desgastadas, sem nenhum processo de compra realizado ou em andamento.

Diante da ausência de bandeiras para realizarmos as trocas, foram feitos consertos nas que já estavam desgastadas e recolocadas no mastro, sendo que até setembro de 2019 havia bandeira no mastro, portanto, há seis meses não temos a bandeira hasteada.

Além da medida paliativa tomada anteriormente, iniciamos imediatamente após o recebimento da incumbência sobre o mastro, estudos sobre qual material seria o mais adequado para a confecção da bandeira. Durante as pesquisas, foi possível verificar que por melhor qualidade que sejam as bandeiras, não duram muito tempo, tendo que serem substituídas constantemente, certamente mais do que quatro vezes ao ano.

Somando-se a demanda anterior, verificamos que temos os mastros do Palácio Rio Madeira (PRM), que são utilizados diariamente com as bandeiras do Brasil, Estado e Município, além da necessidade legal de incluirmos a bandeira do Mercosul, nas hastes usadas diariamente. ainda temos os mastros com todas as bandeiras brasileiras ao longo da entrada do palácio. Ressaltamos que não recebemos estoques suficientes dessas bandeiras, necessitando incluir no processo de fornecimento com a bandeira do Trevo do Roque.

Já no mês de setembro, o processo licitatório estava concluso, contudo até a finalização dos trâmites e assinatura do contrato, iniciamos o ano de 2020.

Informamos que as empresas contratadas já receberam as ordens de serviço para fornecimento, tendo aberto prazo de 30 (trinta) dias para a entrega das bandeiras. Desta forma, assim que recebermos as bandeiras voltaremos a realizar seu hasteamento normalmente.

Vale ressaltar que os contratos assinados podem ser renovados por até cinco anos, desta forma, com a medida adotada pela atual gestão, além da economia gerada por aquisição de toda a demanda necessária, não haverá falta de pavilhões para os próximos anos, solucionando de forma adequada e definitiva pelo tempo em que durar o contrato firmado.

Quanto ao furto da Efígie do Governado Jorge Teixeira, não temos informações a respeito, tendo em vista que o referido  monumento não fazia parte do acervo da Casa Militar, nem tampouco sabemos informar a quem pertencia.

Entenda o caso

Semana passada, Orondoniense publicou uma matéria que questionava a ausência do tradicional hasteamento da bandeira do estado de Rondônia.

Para ser inaugurado, o processo de planejamento durou mais de sete anos até ser concretizada. A idealização de  um mastro contendo 45 metros de altura com a bandeira de Rondônia e a efígie do ex-Governador Jorge Teixeira de Oliveira, precisou de autorização de órgãos como Ministério da Aeronáutica, Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), além da conclusão do projeto executivo e do treinamento para dois policiais estarem aptos à realização do hasteamento da bandeira.

Apesar de não haver temporariamente o hasteamento da bandeira do Estado de Rondônia, na BR 364, também no Trevo do Roque, entre os dois elevados a pomposa bandeira do Município de Porto Velho, ainda mantem-se imponente e deslumbrante, hasteada em um mastro com 36 metros de altura.