Destaques

Governo de Rondônia manifesta pesar por José Figueiredo Sobrinho e Márcio Rodrigues da Silva

O Governo do Estado de Rondônia lamenta com profundo pesar o falecimento de dois grandes guerreiros e irmãos de farda da briosa Polícia Militar do Estado de Rondônia: o tenente da Reserva Remunerada, José Figueiredo Sobrinho; e o sargento PM Márcio Rodrigues da Silva (do quadro das Praças Combatentes), vítimas de um ato covarde de criminosos ocorrido sábado (3), em uma linha do distrito de Mutum-Paraná.

O governador do Estado de Rondônia, coronel PM Marcos Rocha, tão logo tomou conhecimento das primeiras informações da ocorrência determinou ações rápidas da Polícia Militar para prender os acusados que agiram no crime que abalou toda a Corporação e à sociedade rondoniense.

Natural de Florínea, São Paulo, o tenente PM José Figueiredo Sobrinho ingressou na Polícia Militar de Rondônia em 1º de julho de 1985, alcançando o posto de tenente em junho de 2016 por tempo de serviço.

Natural de Porto Velho, Rondônia, o sargento PM Márcio Rodrigues da Silva ingressou na Polícia Militar de Rondônia em 1º de dezembro de 2006, alcançando o posto de 3º sargento da PM-RO em 2019, por antiguidade.

Durante todo o período em que trabalharam na Corporação, honraram seus compromissos de bem servir à sociedade rondoniense. Profissionais dedicados e queridos pelos companheiros, desempenharam suas funções com presteza e zelo à causa Policial Militar, fundamentados no Dever e no Compromisso da defesa social mesmo com o risco da própria vida.

O Governo de Rondônia destaca a qualidade do serviço prestado pela Polícia Militar que é realizado com dedicação e empenho no valoroso dever de servir e proteger a sociedade rondoniense. Diante de tamanha perda, o Governo de Rondônia manifestam profundo pesar e tristeza pelos falecimentos dos dois policiais da briosa Polícia Militar. Aos familiares e amigos e irmãos de farda nosso mais profundo sentimento e rogamos a Deus em confortar a todos.

O Governo mais uma vez lamenta a forma covarde em que se deu a morte dos policiais militares e deixou claro que toda a estrutura da Segurança Pública do Estado estará disponível para conter esses criminosos com a força necessária de acordo com a lei.

Marcos José Rocha dos Santos
Governador do Estado de Rondônia