Rondônia

Governo de Rondônia sensibiliza população a doação de órgãos com campanha Setembro Verde no Hospital de Base

Foto: Daiane Mendonça

Com o slogan “A vida não para, doe órgãos, converse com sua família“, a Central de Transplante da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), propõe a sensibilização à população sobre a importância da doação de órgãos. Na manhã desta terça-feira (1), no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro em Porto Velho, aconteceu à abertura do Setembro Verde, que é voltado ao incentivo da doação. O evento teve a presença da Banda Musical do Exército, gestores do hospital e pacientes transplantados, que contaram um pouco de suas histórias.

O paciente Sérgio Justiniano, de 21 anos, transplantado renal há um ano e cinco meses, conta: “Aos 17 anos eu era paciente renal crônico, realizava hemodiálise três vezes na semana e não tinha uma vida normal. Entrei na fila de transplante para órgãos de pessoas falecidas aos 19 anos, e após um mês aguardando, recebi uma ligação da Central de Transplante me informando sobre o sim de uma família. Foi motivo de muita alegria e gratidão para mim”.

Fotos: Daiane Mendonça

Sérgio relata que, após o transplante, consegue realizar os compromissos, como ir à igreja, o que antes era difícil por conta da hemodiálise. Ele explicou que é acompanhado pela equipe médica da Policlínica Oswaldo Cruz e que hoje vive uma vida normal.

Rafaela Caroline, enfermeira e gerente da Central Estadual de Transplantes de Rondônia, disse que “após a incrementarão do programa, houve um aumento real das doações de órgãos. Nesses últimos seis anos, ocorreram 380 doações de coração parado, 537 transplantes de córnea e 95 transplantes de rim.”

Raquel Gil, diretora geral do HBAP, enfatizou a importância de se declarar doador de órgãos enquanto em vida, bem como ressaltar a importância desta decisão a família e amigos. Além disso, explicou o papel do Hospital de Base como unidade transplantadora de órgãos no Estado de Rondônia.