Destaques Rondônia

Governo não descarta a possibilidade de ‘lockdown’ para conter os casos de coronavírus no estado

Durante a coletiva de imprensa na tarde da última quarta – feira (06), o Secretário Estadual de Saúde (Sesau), Fernando Máximo, disse que não descarta a possibilidade de implementar o chamado “lockdown” em Rondônia, ou seja, o bloqueio total da região, com a proibição da circulação de pessoas e carros, por exemplo.

O estado já tem 943 casos confirmados e 33 mortes oriundas da Covid-19, sendo que esta medida mais rígida de distanciamento social em combate ao coronavírus já foi adotada em algumas cidades do Pará, Ceará e Maranhão, podendo ser adotada no estado de Rondônia.

“Existe sim a possibilidade de começarmos a restringir mais coisas como no passado. A restrição é possível. É uma possibilidade concreta. Nós estamos analisando isso, pois os dados estão aumentando, os casos estão aumentando, especialmente em Porto Velho. O número de óbitos e o de internados também. E isso nos faz pensar em várias possibilidades e uma dessas é essa de fazer uma restrição de todas as situações sim. É uma possibilidade real”, disse Fernando Máximo.

Você sabe o que é ‘lockdown’?

“Lockdown” é uma expressão em inglês que, na tradução literal, significa confinamento ou fechamento total. Ela vem sendo usada frequentemente desde o agravamento da pandemia do coronavírus.

Veja as diferenças dos termos relacionados à reação à pandemia de Covid-19:

  • Isolamento social – é, em princípio, uma sugestão preventiva para todos para que as pessoas fiquem em casa
  • Quarentena – é uma determinação oficial de isolamento decretada por um governo
  • Lockdown – é uma medida de bloqueio total que, em geral, inclui também o fechamento de vias e proíbe deslocamentos e viagens não essenciais

Se um governante impõe um “lockdown”, a circulação fica proibida, a não ser que ela se dê, por exemplo, para compra de alimentos, transporte de doentes ou realização de serviços de segurança.