Educação Rondônia

Grupo de Estudos em Tuberculose da UNIR publica artigo em periódico internacional

Above

O Grupo de Estudos em Tuberculose (GET) da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), certificado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da Universidade de São Paulo (USP), publicou um artigo intitulado “Tuberculosis in prison and aspects associated with the diagnosis site” na revista “The Journal of Infection in Developing Countries”, cujo fator de impacto é de 1.353.

O trabalho é de autoria da pós-graduanda da Especialização em Saúde Pública da UNIR, Melisane Regina Lima Ferreira, e coautoria de Rafaele Oliveira Bonfim (EERP/USP), Tatiane Cabral Siqueira (UNIR), Rubia Laine de Paula Andrade (EERP/USP), Aline Aparecida Monroe (EERP/USP), Tereza Cristina Scatena Villa (EERP/USP) e, da coordenadora do GET, Nathalia Halax Orfão (UNIR).

O estudo é resultado do Programa Institucional de Iniciação Científica (PIBIC), ciclo 2017/2018, desenvolvido pela egressa do Curso de Enfermagem da UNIR, Melisane Ferreira, que, além de ter sido bolsista CNPq, recebeu menção honrosa pela qualidade do trabalho desenvolvido.

A íntegra do artigo científico pode ser acessada por meio do link:

https://www.jidc.org/index.php/journal/article/view/11522

Relevância da Pesquisa

A publicação do artigo científico em periódico internacional assume grande relevância para seus autores, para a UNIR, para EERP da USP e para o Curso de Especialização em Saúde Pública do O Núcleo de Saúde (NUSAU).

O reconhecimento de um trabalho científico, fruto de uma iniciação científica, contribui como uma devolutiva à sociedade de uma pesquisa que possui um tema importante para a saúde pública, sobretudo voltado ao conhecimento do perfil e das ações de controle da tuberculose em presídios que vem sendo desenvolvidas no cenário de um município da região Amazônica.

Além disso, espera-se que este estudo contribua na divulgação de novas descobertas em um cenário pouco explorado em perspectivas internacionais, e que motive novos pesquisadores, docentes e discentes a realizarem pesquisas voltadas à Saúde Pública e às doenças negligenciadas, tal como a tuberculose.

O Rondoniense/UNIR

Below