Destaques Interior

Grupo é preso por extrair madeira de Terra Indígena em Vilhena

Assessoria / PF

No fim da tarde desta sexta – feira (29), três homens foram presos por extração ilegal de madeira em Vilhena. Segundo a Polícia Federal (PF), a Polícia Militar (PM) foi quem flagrou o crime ambiental.

As toras transportadas no caminhão teriam sido derrubadas na Terra Indígena Tubarão Latunde, de acordo com informações obtidas pela PF.

A prisão dos suspeitos ocorreu quando eles transportavam cargas de madeira em caminhões. Não foi divulgado o local exato da prisão e nem informações de quem são os madeireiros.

“Após representação do Delegado de Polícia Federal, a Justiça Federal determinou a prisão preventiva dos mesmos, que se encontram na Casa de Detenção de Vilhena”, informou a PF.

O grupo preso vai continuar sendo investigado pela PF, devido a suspeita de participação na destruição de florestas em Rondônia.

*Informações da Assessoria