Rondônia

Hemocentro de Ji-Paraná registra queda de 50%; doadores são convocados para abastecer banco de sangue

A doação voluntária de sangue caiu 50% no Hemocentro de Ji-Paraná. O registro demonstra que 250 pessoas seguem regularmente promovendo a solidariedade em doar sangue para salvar vidas, enquanto a média mensal era de 500 doadores espontâneos. O banco de sangue tem no cadastro oficial 37.065 doadores.

A redução de doadores voluntários está relacionada ao isolamento social imposto pelo enfrentamento à pandemia de Covid-19. A direção do Hemocentro adotou as medidas sanitárias recomendadas para recepcionar as pessoas. “O serviço de coleta do sangue está funcionando diariamente, sem a necessidade do agendamento”, anuncia a assistente social Cleide Araújo.

“Ainda que os registros revelem essa drástica redução de doadores voluntários, a unidade tem assistido a todos os pacientes que necessitam de sangue, seja na rede pública ou privada das 13 cidades do entorno de Ji-Paraná”, garante o diretor da unidade, médico Luís Carlos Pereira, explicando que recorre às outras unidades da rede para atender a demanda.

Para se tornar um doador de sangue é simples. O doador deve ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar mais de 50 quilos, estar com documento de identidade e evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação. Maiores detalhes podem ser obtidos pelos telefones 3422-6762 e 99287-1247.

Em 25 de novembro é celebrado o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue. “Ainda que estejamos atravessando uma fase pandêmica, vamos realizar uma recepção calorosa aos doadores”, anuncia Cleide Ribeiro, ao recordar que em anos anteriores a data era bem festejada.

FHEMERON