Mundo

Homens são presos acusados de roubar relíquias de Ayrton Senna na Itália

Foto - Roma News

A polícia da cidade de Asti, no sul da Itália, prenderam nesta quinta-feira dois homens acusados pelo roubo de relíquias ligadas a Ayrton Senna, avaliadas em cerca de 300 mil euros (R$ 1,7 milhão), que foram parcialmente recuperados.

O crime aconteceu há alguns dias, mas não foi divulgado pelas autoridades locais até que fossem detidos os apontados como resposáveis, um homem de 32 anos e outro de 31, segundo publica a imprensa italiana.

Por EFE