Capital Destaques Especiais

Hospital de Amor realizará exames de próstata aos sábados em alusão ao Novembro Azul

Em alusão a Campanha do Novembro Azul, o Hospital de Amor Amazônia  realizará exames preventivos de próstatas nos homens, com o objetivo de massificar a prevenção da doença. A ação tem a finalidade de atender aproximadamente 1.000 homens de forma gratuita em parceria com a Residência de Urologia do Hospital de Base Ary Pinheiro e a Liga Acadêmica Cirúrgica de Rondônia (LACCRO).

De acordo com assessoria do Hospital de Amor, todos os sábados do mês de novembro, a partir das 7h30, o Hospital de Amor estará aberto para exames de PSA e consultas com urologistas, que farão os exames físicos nos pacientes. Os pacientes deverão chegar em jejum para a realização dos exames, após a consulta, os homens receberão café da manhã.

O Hospital de Amor realizará alguns critérios para a realização de exames: A partir dos 45 anos será para homens  negros ou com históricos de câncer de próstata na família; entre 50 a 75 anos fica aberto para os demais.

O agendamento para a realização de exames poderá ser feito através do QR CODE na imagem abaixo, na qual o paciente deve preencher um formulário, ou ligando para o número 4009 – 9000.

O que é a próstata?

A próstata é uma glândula localizada na região pélvica do homem, apresentando um formato semelhante à de uma noz. Situa-se logo abaixo da bexiga e à frente do reto, sendo atravessada pela uretra, canal que se estende desde a bexiga até a extremidade do pênis e por onde a urina é eliminada. A principal função da próstata é produzir uma secreção fluida para nutrição e transporte dos espermatozoides, que são originados nos testículos e levados até a vesícula seminal através dos ductos deferentes.

“O toque não interfere na masculinidade de ninguém, pelo contrário, é sinal de que o homem está preocupado consigo e com seus familiares”

O câncer de próstata é muito comum. Depois do câncer de pele, ele é o tumor maligno mais comum nos homens, representando cerca de 10% de todos os cânceres diagnosticados. Estima-se que um em cada seis homens vai desenvolver o câncer de próstata durante sua vida.

O desenvolvimento do câncer de próstata está relacionado sobretudo ao envelhecimento masculino. Apesar de poder ser diagnosticado em jovens, inclusive abaixo dos 40 anos, o risco aumenta significativamente após os 50 anos, correspondendo a 40% dos tumores nessa faixa etária. A idade média do diagnóstico da doença é de 69 anos, enquanto a do óbito, de 77 anos.

Quais são os sintomas do câncer de próstata?

O câncer de próstata apresenta crescimento muito lento, podendo levar anos para causar algum problema mais sério. Nas fases iniciais ele é silencioso, não causando nenhum sintoma específico. Por isso a necessidade do rastreamento. Os primeiros sintomas podem surgir durante o crescimento local, quando o tumor comprime a uretra (sintomas obstrutivos) ou impede o fluxo de urina, irritando a bexiga (sintomas irritativos).

Qual a utilidade do toque retal?

O toque retal tem como finalidade detectar qualquer alteração na próstata (endurecimento, nódulos) que possa estar relacionada com a presença do câncer. Apesar de desconfortável, é parte fundamental da avaliação prostática, servindo também para auxiliar na decisão da melhor forma de tratamento, caso o câncer esteja presente.

Quando devo começar a avaliação para detecção do câncer de próstata?

É aconselhado que todos os homens a partir dos 50 anos devam procurar um urologista para definir a rotina de avaliação, após discutirem suas vantagens e desvantagens. A avaliação deve ser feita através do toque retal e de dosagens sanguíneas de PSA. Aqueles com história de câncer de próstata na família (pai, irmãos, tios) e/ou da raça negra devem iniciar essa avaliação aos 45 anos, devido ao maior risco associado.