Connect with us

Hi, what are you looking for?

Interior

Idosos começam a ser vacinados contra covid-19 em Vilhena, entenda programação

Calendário com datas exatas depende da chegada de mais vacinas na cidade

Vilhena recebeu até o momento dois carregamentos de vacinas, que serão suficientes para somente 1.590 pessoas, sendo 570 apenas a primeira dose. Já tendo vacinado 1.378 pessoas até esta sexta-feira, 5 de fevereiro, a Prefeitura de Vilhena, após aplicar doses em boa parte dos profissionais de Saúde, começou nesta semana a imunizar também, por recomendação do Governo Federal, pequena parcela dos idosos institucionalizados e aqueles com 80 anos ou mais. Veja abaixo a sequência.

1° GRUPO – Os profissionais de Saúde, tanto da rede pública como da rede particular, estão na primeira etapa da primeira fase do grupo prioritário. Iniciando pelos trabalhadores da Saúde que lidam diretamente com pacientes suspeitos ou confirmados, a imunização desse público, que tem 2.013 pessoas, começou em 20 de janeiro. Com as doses atualmente em Vilhena, será possível vacinar aproximadamente 1,5 mil destes, o que representa 75% deste grupo. Mais de 1.300 já receberam a vacina e a campanha continua, com as equipes de vacinadores buscando os profissionais de saúde em suas unidades.

2° GRUPO – Na semana passada o Ministério da Saúde enviou Nota Técnica exigindo que 5% dos idosos com 80 anos ou mais, bem como todos os moradores e trabalhadores de instituições para idosos, sejam vacinados com as doses destes dois carregamentos já entregues. São 927 idosos com 80 anos ou mais, o que significa que nesta etapa somente 46 idosos desta faixa etária serão vacinados, a domicílio. Destes, até o momento, 38 já receberam a imunização após seleção feita no cadastro da Atenção Básica beneficiando, por critério de idade, aqueles pacientes que são tratados pelo programa Melhor em Casa. Os próximos já estão agendados. Por sua vez, os institucionalizados em Vilhena somam 52, o que inclui moradores e trabalhadores do Lar dos Idosos. Todos estes já foram vacinados também.

3° GRUPO – Os indígenas também estão sendo vacinados em Vilhena, mas as doses são administradas pelo DSEI (Distrito Sanitário Especial Indígena). Para esta primeira etapa, 27 nativos receberam os imunizantes.

ESTIMATIVAS – Os números de pessoas que vão receber as doses são estimativas, visto que há um percentual (ainda incerto) de pacientes que se recusam a tomar a vacina, bem como percentual de extravio das vacinas (que pode variar de 1% a 3%), natural ao processo de transporte, aplicação e acondicionamento das vacinas durante a campanha.

E A SEQUÊNCIA? – Após estes três grupos serem vacinados, Vilhena não terá mais doses para aplicar. O próximo carregamento de vacinas a ser entregue na cidade não tem data marcada e deve acontecer ao longo de fevereiro, podendo variar entre 7 a 30 dias, conforme logística do Ministério da Saúde e diplomacia internacional com os laboratórios que oferecem o IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), necessário para a produção da vacina no país.

A lista de vacinados mais atualizada pode ser consultada no site da Prefeitura no menu “Serviços”. O documento contém data, nome e demais detalhes de todos que estão sendo imunizados e será atualizado conforme a capacidade de trabalho da equipe vacinadora permitir.

LOCAIS JÁ CONTEMPLADOS – A sequência de locais onde a vacinação aconteceria foi divulgada há mais de 10 dias, conforme lista ao fim deste texto. Após o dia 2 de fevereiro começou a busca ativa de profissionais de Saúde que não tinham recebido ainda a vacinação por estarem de folga, férias, licença, afastamento ou não estavam na unidade no momento da abordagem da equipe de vacinadores. Além disso, estão sendo vacinados a domicílio os idosos mencionados acima.

CADASTRO ON-LINE – Antes de novos carregamentos de doses chegarem, a Prefeitura deverá ter lançado o site “Vilhena Protegida”, para cadastro da população a fim de agendar todos para a vacinação com o objetivo de evitar aglomerações e organizar todo o processo de vacinação contra a covid-19 que ainda englobará os 101 mil vilhenenses restantes.

SEQUÊNCIA DE VACINAÇÃO EM VILHENA

20 de janeiro – Central Covid-19, Ambulatório Covid-19 (Posto do Setor 12) e vacinadores

21 de janeiro (manhã) – Pronto-Socorro, Laboratório Municipal de Análises Clínicas, Central Covid-19 e Setor de Eletrocardiograma

21 de janeiro (tarde) – Ambulatório Covid-19 (Postinhos do Industrial, Leonardo e Setor 19), Farmácia Básica e setor Pré-natal de Alto Risco

22 de janeiro (manhã) – Centro cirúrgico do Hospital Regional de Vilhena (HRV), UTI Neonatal, Maternidade, equipe de viagem, UTI e Central Covid-19

22 de janeiro (tarde) – Programa Melhor em Casa, Ambulatório Covid-19 (Liro Hoesel e Afonso Mansur)

25 de janeiro (manhã) – Pediatria, alas masculina e feminina, ortopedia, raio-x e imagens, recepção, lavanderia e Central Covid-19

25 de janeiro (tarde) – Ambulatório Covid-19 (Liro Hoesel e Vitalina Gentil), além de servidores da Atenção Básica: técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem, enfermeiros, médicos, odontólogos e técnicos em saúde bucal

26 de janeiro (manhã) – Hospital Bom Jesus, Laboratório Oswaldo Cruz, Epidemiologia, Trabalhadores da MutiLimp no HRV e Central Covid-19

26 de janeiro (tarde) – Centro de Especialidades Vilhenense (CEV) e Ambulatório Covid-19

27 de janeiro (manhã) – Motoristas de referências, Hemocentro, SAE/CTA, Mega Imagem, CDI, Unimed, Caps, Instituto dos Rins e Central Covid-19

27 de janeiro (tarde) – Centro Especializado em Reabilitação (CER)

28 de janeiro (manhã e tarde) – Atenção Básica, Vigilância Sanitária, Endemias, CAF, Cerest, Ambulatório Especializado e Setor de Imunização

2 de fevereiro – Profissionais de Saúde da zona rural

3 de fevereiro em diante – Busca ativa de profissionais de Saúde em suas unidades e vacinação a domicílio de idosos da normativa federal

Semcom

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Rondônia

O avanço da covid-19 mantém Rondônia ainda em situação crítica para doença e a população precisa ficar atenta às restrições implementadas pelo Governo de...