Capital

Investimentos na segurança são anunciados em solenidade do Corpo de Bombeiros

Orondoniense Investimentos na segurança são anunciados em solenidade do Corpo de Bombeiros
Orondoniense Investimentos na segurança são anunciados em solenidade do Corpo de Bombeiros
Above

Até o final do ano a segurança pública de Rondônia contará com equipamentos que vão possibilitar ao futuro gestor estadual acesso diário a todas as informações, inclusive com imagens fornecidas por câmeras de lapela inseridas na roupa dos agentes policiais, enquanto para 2019 está prevista a aplicação de emenda parlamentar de R$ 28 milhões, indicada pelo atual governo, com vistas a dar mais proteção a todos os cidadãos. Foi o que informou o governador Daniel Pereira, na manhã desta segunda-feira (12), durante a solenidade de inauguração da nova instalação do 1º Grupamento de Bombeiros Militar, no bairro Marechal Rondon, em Porto Velho.

O governador ainda anunciou que enviará à Assembleia Legislativa projeto de lei garantindo proteção aos policiais que muitas vezes acabam custeando suas próprias despesas ao responder processos decorrentes de ações praticadas durante o trabalho. Outra medida será entregar ao governador eleito coronel Marcos Rocha proposta para composição de bombeiros civis em todos os municípios rondonienses, e não apenas em 14, como estava previsto. Ele ainda citou que o Corpo de Bombeiros de Rondônia receberá recursos do Fundo da Amazônia com vistas a se fortalecer para atender às ocorrências de incêndio com mais eficiência.

Com relação às novas ferramentas a ser implementadas, o governador disse que serão utilizadas por todas as instituições, tornando Rondônia o único Estado do País a unificar as ações, sem promover divisões entre as corporações civis e militares que atuam na segurança pública estadual.

Na solenidade, que contou também com a presença do secretário de Estado da Segurança Defesa e Cidadania, coronel Ronimar Jobim; do major Rolling, representando o general de brigada, José Eduardo Leal de Oliveira; do tenente Alves, representando da Delegacia Fluvial, entre outras autoridades civis e militares, o comandante do Corpo de Bombeiros, Demargli Farias, destacou que a inauguração era a concretização do que parecia um sonho, que era o retorno ao quartel após grande esforço dos ex-comandantes, que integraram os 182 militares que há 20 anos conseguiram oficializar a criação do Corpo de Bombeiros, desmembrando da Polícia Militar. A obra entregue após seis anos funcionando em locais improvisados recebeu investimento de R$ 2,1 milhões do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômica (Pidise) e do Fundo Especial do Corpo de Bombeiros (Funesbom).

Ao enfatizar que considera os bombeiros como a equipe mais técnica da segurança pública, o coronel Jobim citou o empenho do governador Daniel para a reestruturação tanto da Polícia Militar quanto do Corpo de Bombeiros para garantir atuação mais eficiente dessas corporações em defesa da população.

O 1º Grupamento de Bombeiros da capital é responsável pela atividade operacional do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia, atuando no salvamento em altura, terrestre, aquático, busca e resgate, além de prevenção e combate a incêndios e atendimento pré-hospitalar. “Há 20 anos este local era um estabelecimento de comércio desocupado e um antigo terminal de ônibus que já não funcionava”, lembrou o coronel Farias, destacando que o primeiro comandante foi o então tenente PM Rodrigues. Em 2012, foi realizada a mudança das instalações para a rua Afonso Pena, sob o comando do então major bombeiro Moreira.

Até o retorno à nova instalação, o comando do quartel passou para a Coordenadoria de Atividades Técnicas (CAT), Unisp Zona Leste, Unisp Centro, sob o comando do capitão bombeiro Fabricio; e agora está sob o comando do também capitão bombeiro Wândrio.

Governo de Rondônia

O Rondoniense
Below