Destaques Interior

Isaú Fonseca chama de ‘covardes’ médicos que pediram demissão na pandemia

O Prefeito de Ji- Paraná, Isaú Fonseca (MDB), em um publicação ao vivo nas redes sociais chamou de “covardes” os médicos do Hospital Municipal que, em plena pandemia, estariam pedindo demissões.

No vídeo, o chefe do executivo disse que não irá demitir os médicos que pediram exoneração em virtude do Estado de Calamidade Pública. Visivelmente alterado, o prefeito ainda prometu revelar os nomes dos profissionais de saúde que, ao fugir da linha de frente do combate ao novo Coronavírus estariam, em sua opinião, “estão cuspindo na cara do povo”.

“Vocês vão ficar ate o fim”, Isaú dispara na gravação.

O vídeo viralizou em diversos grupos no WhatsApp.

CREMERO

Em nota publicada, o Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia – Cremero, repudiou tal situação. O Conselho não detalhou no texto abaixo:

Os médicos de Rondônia vêm a público repudiar a declaração divulgada pelo prefeito de Ji-Paraná, que definiu os profissionais como covardes.
Profissionais da saúde estão na linha de frente desta guerra contra o Coronavírus desde o primeiro momento, e várias vidas foram perdidas, na busca da recuperação dos contaminados.
Na oportunidade o Cremero externa mais uma vez seu agradecimento, em nome de toda população, a todos estes que vêm sendo incansáveis no exercício de suas profissões.
Atualmente, a cidade de Ji – Paraná já acumulou 5.237 casos de pessoas infectados pelo vírus da Covid-19, e contabilizou 125 mortes.