Brasil Saúde

Já são 52 casos de Coronavírus confirmados no Brasil

Na ultima quarta-feira (11/03), foi um dia intenso para o Ministério da Saúde, devido ao aumento de casos de COVID-19. são monitoradas 907 suspeitas da infecção pelo novo coronavírus e outras 935 já foram descartadas, após os resultados dos exames clínicos. Também foi emitida uma nova classificação do vírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que passa considerá-lo como uma pandemia, ou seja, está acontecendo a propagação, em escala global, da doença.

Luiz Henrique Mandetta que durante a sua passagem pela Câmara, o Ministro Mandetta explicou o que muda com a declaração de pandemia da OMS: “Qualquer pessoa, de qualquer voo que chegue dentro do Brasil, hoje, podemos falar: ‘Se tiver febre, tosse ou gripe, procure uma unidade de saúde, porque pode ser coronavírus'”. Diante do novo cenário, Mandetta afirmou: “Todas as unidades da federação estarão aptas, até dia 18 de março, com equipamento, com kit pronto para fazer o teste dentro do seu estado. Não vai precisar mandar amostra para lá ou para cá”.

No Twitter a conta oficial do Ministério da Saúde, dados e informações sobre o Coronavírus foram compartilhadas:

O Ministro da Saúde, começou a tarde na Câmara dos Deputados, detalhando o quadro do novo coronavírus SARS-CoV-19, inclusive com medidas de contenção. Agora, o órgão divulga que são 52 casos confirmados da infecção no país, divididos em oito estados.

No momento, temos que fazer aquilo que está ao alcance de cada um dos brasileiros. Lavem as mãos. Se estiver gripado ou resfriado, não visite pessoas idosas, não faça movimento intempestivos em direção a casas asilares”, ressaltou o ministro.

Divisão entre os estados

Entre os estados brasileiros, São Paulo continua a apresentar a maioria dos casos do novo vírus, somando 30 infecções do coronavírus SARS-CoV-19. Em seguida está o estado do Rio de Janeiro, com 13 casos da COVID-19.

Além desses, Bahia, Rio Grande do Sul e o Distrito Federal apresentam dois casos, cada. Já os estados de Alagoas, Minas Gerais e Espírito Santo reportam um único caso, cada. Somente três estados brasileiros (Roraima, Tocantins e Amapá) não indicaram nenhuma suspeita da infecção.

  • Fonte: Canaltech.com