Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Rondônia

Junta Comercial elabora cronograma de projetos para facilitar o acesso de empreendedores e empresas

Com intuito de facilitar de forma ampla a vida do empreendedor, o Governo de Rondônia, por meio da Junta Comercial do Estado (Jucer), está com uma vasta programação de ações a serem executadas no decorrer deste ano de 2021. O foco principal é avançar na simplificação e desburocratização do registro e legalização de empresas no Estado.

A execução dessas ações visa propiciar a melhoria significativa do ambiente de negócios de Rondônia, assim como a transformação digital dos serviços prestados pelo Estado e pelos municípios, por meio do integrador Estadual Empresa Fácil RO. O presidente da Jucer, José Alberto Anísio, explica que o uso da tecnologia será primordial para integrar os parceiros da Rede Integrada dos Municípios (RedeSim) que precisam abrir empresas. “Estamos falando de uma evolução que irá estimular àqueles que desejam abrir seu próprio negócio, com menos burocracia, mais facilidade e agilidade. Isso, consequentemente irá gerar empregabilidade e renda tanto para o empreendedor quanto para o Estado, fomentando ainda mais a economia”, observou Anísio.

Os projetos contidos no cronograma da Junta Comercial estão em fase de desenvolvimento, envolvendo capacitações, treinamentos, ampliação de tecnologia para a integração de serviços com os demais municípios, por parte de seus executores, com o propósito de atender, da melhor forma possível, os futuros empreendedores e aqueles que desejam aperfeiçoar o seu negócio.

PROJETOS

Perto de completar 55 anos de atuação em Rondônia, a Jucer, em parceria com o Governo Federal, busca proporcionar aos rondonienses oportunidades de crescimento no setor dos negócios. Para se ter uma ideia da seriedade desse trabalho em cenário nacional, no ano passado mais de 1.4 milhão de empresas foram abertas, conforme registro da Federação Nacional das Juntas Comerciais (Fenaju).

Dentre os estados da região Norte, Rondônia foi o que mais teve empresas constituídas em 2020, totalizando em 21.735 empresas abertas, o que demonstra a credibilidade do governo estadual por parte da classe empreendedora, levando consequentemente ao bom desempenho financeiro. Para fortalecer ainda mais esse crescimento, a Jucer elencou os principais projetos previstos no decorrer de 2021, entre eles estão:

– Lançamento do Balcão Único, em parceria com o Governo Federal: O projeto é uma evolução da RedeSim, permitindo ao cidadão, de qualquer município de Rondônia, abrir uma empresa de forma ainda mais simples e automática, reduzindo o tempo e os custos para iniciar seu negócio no Estado. A implantação desse projeto deve facilitar a melhoria da jornada do usuário, a redução de tempo para formalizar o negócio, simplificação de abertura de empresa e mais tempo para o empreendedor gerir seu negócio. Essas facilidades, sem burocracia, ficarão eminentes, uma vez que o empresário queira empreender de maneira mais rápida, tendo um retorno eficaz, gerando empregando e renda. Os interessados podem acessar o site da Jucer: www.jucer.ro.gov.br

– Adesão ao Portal de Assinatura Eletrônica do Governo Federal, em Rondônia: Após esta adesão, os empreendedores rondonienses poderão assinar os processos eletronicamente, a partir da sua conta, por meio de um aplicativo (ainda em fase de desenvolvimento), sem a necessidade de um certificado digital. O aplicativo de assinatura eletrônica irá dispor de uma tecnologia diferenciada que traga segurança para o usuário. A vantagem para o empreendedor é que não terá gastos para a assinatura digital e mais rapidez para abertura do negócio. O intuito maior é reduzir o processo burocrático para o empresário, trazendo ainda a diminuição de custo para o Estado e aumento da renda.

– Disponibilização de Assistente Virtual “Chatbot”: Irá auxiliar os usuários do integrador Estadual Empresa Fácil RO, eletronicamente 24 horas por dia, sete dias por semana, por meio do site da Junta Comercial e o aplicativo. Podendo ainda ter acesso à carteira do empreendedor digital, que ainda deve ser criada.

– Criação da Escola da Jucer: Será o centro de aperfeiçoamento e capacitação continuada, que irá oferecer cursos para os usuários internos e externos da Junta Comercial e dos órgãos integrantes da RedeSim, de forma presencial e Ensino à Distância (EAD). A promoção desses cursos mostrará as facilidades para o cidadão em abrir sua empresa, além de formas e estratégias de aperfeiçoar e fortalecer economicamente seu empreendimento. O desenvolvimento e a formatação dos cursos serão feitos pela própria Jucer, disponibilizando o conteúdo a qualquer hora para o usuário, no site da instituição. A ideia é globalizar a Junta Comercial, tendo a informação que o cidadão necessita para empreender em Rondônia.

– Reinauguração da sede da Jucer: A reinauguração do prédio sede da Junta Comercial está prevista para o primeiro semestre deste ano, com intuito de oferecer aos servidores e usuários um ambiente agradável, além de uma estrutura física moderna, que atenda aos padrões de acessibilidade e sustentabilidade. A expectativa é que até março, a reforma do prédio seja concluída.

– Promoção da semana comemorativa em alusão aos 55 anos da Jucer: Em meados de setembro, a Jucer irá promover cursos, palestras e campanhas para os servidores e usuários em celebração aos 55 anos da Junta Comercial.

– Realização do 3º Rondônia Mais Simples: Evento realizado pela Jucer, em parceria com o  Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE), por meio do Programa de Modernização e Governança das Fazendas e do Desenvolvimento Econômico-Sustentável dos Municípios (Profaz), que contará com a participação dos prefeitos e secretários de Fazenda, Saúde e Meio Ambiente, além de representantes dos órgãos estaduais: Secretaria de Finanças (Sefin), Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Secretaria do Desenvolvimento Ambiental (Sedam). O objetivo é propagar as melhores práticas de governança para as fazendas públicas municipais e atuação dos órgãos licenciadores junto à RedeSim. O foco principal, de acordo com o presidente da Jucer é a troca de experiências entre os parceiros, discutindo melhorias de gestão para facilitar o acesso ao contribuinte.

EQUILÍBRIO E SEGURANÇA FINANCEIRA

É importante salientar que, além das ações executadas pela Junta Comercial, outas atividades em diversos segmentos têm contribuído com a saúde financeira positiva de Rondônia, apesar do cenário pandêmico. Conforme aponta o Tesouro Nacional e o Ministério da Economia, o Estado se mantém em destaque no bom desempenho financeiro em todo o país.

SECOM

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Destaques

Em 13 de setembro de 1943, foi criado o Território Federal do Guaporé, pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas. A política do Estado...