Siga nossas redes sociais!

Hi, what are you looking for?

Mundo

Justiça alemã condena ex-nazista de 93 anos por cumplicidade em 5 mil mortes

A polícia da cidade de Asti, no sul da Itália, prenderam nesta quinta-feira dois homens acusados pelo roubo de relíquias ligadas a Ayrton Senna, avaliadas em cerca de 300 mil euros (R$ 1,7 milhão), que foram parcialmente recuperados.

O crime aconteceu há alguns dias, mas não foi divulgado pelas autoridades locais até que fossem detidos os apontados como resposáveis, um homem de 32 anos e outro de 31, segundo publica a imprensa italiana.

Por EFE

Comente
Orondoniense
Escrito por:

Você pode gostar

Destaques

Fico encantado com uma parte música ‘´Piano Bar’, do grupo Engenheiros do Hawaii: “Na verdade nada é uma palavra esperando tradução”. A canção é...

Destaques

O Ministério Público do Estado de Rondônia e a Policia Civil deflagraram neste sábado, 6 de março de 2021, a terceira fase da Operação...

Capital

Já imaginou participar de uma sala de teatro virtual, similar ao real? Retirar seu ingresso, interagir com os personagens, ouvir a campainha de entrada...

Capital

Por causa do aumento no nível do rio Madeira, fenômeno natural nessa época do ano, a Prefeitura de Porto Velho decidiu mudar, temporariamente, a...