Destaques

Maioria dos participantes da audiência virtual sobre retomada das aulas é contra a volta às aulas presenciais

Sala de aula — Foto: Reprodução/RPC

No dia 27 de outubro, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realizou uma audiência virtual sobre o retorno das aulas da rede estadual de ensino. No debate, a Seduc solicitou que os participantes preenchessem um formulário e 83,1% dos participantes não concordam com o retorno das aulas em 2020.

No debate, o espaço ficou aberto para que a população emitisse opiniões sobre o retorno presencial das atividades escolares. Além do formulário eletrônico, a Seduc, permitiu o chat da transmissão ao vivo na qual as manifestações iniciais foram predominantemente contrárias ao retorno das aulas, pelo menos, em 2020.

Já no formulário eletrônico, dos 8.516 participantes, 7.078 não concordam com o retorno este ano, enquanto que 1.438 sinalizaram ser favoráveis.

A Seduc informou ainda que do total presente:

  • 25,5% eram estudantes, destes — 65,3% discordam e 34,7% concordam com o retorno das aulas presenciais;
  • 35,6% eram profissionais da educação — 91,2% discordam e 8,8% concordam;
  • 36,1% dos participantes eram pais ou responsáveis por alunos — 90,4% discordam e 9,6% concordam com aulas presenciais e;
  • O restante, formado por demais segmentos da sociedade responderam — 87,1% discordando e 12,9% concordando com o retorno.

Em nota, Valmir Souto, coordenador de Processo e Planejamento para Retomada das Aulas, disse que a Seduc vai levar em conta a expressão da população. “Mais de 90% dos partícipes na live, eram compostos por professores, pais e alunos. Essa manifestação das pessoas e entidades participantes da audiência pública subsidiará a decisão da Secretaria de Educação com relação a quando e como se dará essa retomada”, consta na nota.