Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Rondônia

Mais de 500 profissionais emergenciais da Saúde serão exonerados de hospitais de Porto Velho

Mais de 500 servidores emergenciais do Estado, entre eles médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e demais trabalhadores contratados em caráter emergencial para atuarem na linha de frente durante a pandemia de Covid-19, em Porto Velho, serão exonerados.

Estes trabalhadores sairão dos atendimentos do Hospital de Base, do João Paulo II, da Assistência Médica Intensiva (AMI) e do Serviço de Atendimento Médico Domiciliar (SAMD).

SEI_ABC - 0020676245 - Planilha dispensa covid

De acordo com alguns trabalhadores, não houve aviso prévio por parte do Governo de Rondônia sobre o fim dos contratos. A decisão é vista por parte da categoria como injusta por ter sido apresentada “do dia para a noite” e poderia prejudicar as escalas de plantão nas unidades de saúde.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), as exonerações já vêm acontecendo alguns meses, após as significativas quedas dos números de casos e de internação nas UTI’s. Em conversa com assessoria da Sesau, a mesma informou que o Estado está sem filas de espera há cinco meses.

Vale ressaltar que no dia 17 de março deste ano, Rondônia chegou a ter  854 pacientes internados com Covid – 19, em todo estado e mais 170 pacientes na fila, somando 1.024 pessoas com coronavírus. Atualmente, Rondônia possui 69 pacientes internados, destes 35 estão na UTI

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Destaques

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...