Brasil

Marcos Troyjo deixará o governo para presidir “Banco dos Brics”

Felipe Frazão / Agência Brasil

O secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, foi eleito nesta quarta-feira (27) presidente do Conselho de Governadores do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB, na sigla em inglês) para os próximos cinco anos. A pasta ainda não informou quem substituirá o secretário, cujo mandato começará em julho.

O NDB é conhecido informalmente como Banco do Brics por ter como países-membros originais Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A instituição conta com capital inicial de US$ 50 bilhões e capital autorizado de US$ 100 bilhões. O principal objetivo do NDB é apoiar projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável, públicos ou privados, nos Brics e em outras economias emergentes.

Congresso em Foco