Mundo

Médico que esteve com Vladimir Putin é diagnosticado com Covid-19

Chefe do principal hospital para tratamento de pacientes com coronavírus em Moscou se encontrou com o presidente na semana passada; Kremlin diz que líder não contraiu o vírus.

O médico responsável pelo principal hospital de Moscou para o tratamento de pacientes com Covid-19 foi infectado pelo novo coronavírus uma semana depois de se encontrar com o presidente Vladimir Putin. A informação foi confirmada pelo próprio profissional em uma rede social nesta terça-feira (31).

“Meus queridos amigos, aprecio muito a preocupação. De fato, testei positivo para o coronavírus, mas me sinto bem”, escreveu Denis Protsenko. “Eu me auto-isolei no meu consultório, onde tenho tudo o que preciso para me comunicar.”

Na terça-feira passada, Putin se encontrou com Protsenko, durante a visita do presidente russo ao hospital de pacientes com o novo coronavírus. O médico chegou a compartilhar o elevador com o mandatário russo e tirou fotos apertando sua mão.

A Rússia registra 2.337 casos de coronavírus até o momento; desse total, 121 pacientes já se recuperaram e 17 morreram. Moscou, com 1.613 casos, é responsável pela maioria dos registros no país.

Após o anúncio da infecção do médico, o porta-voz do Kremlin, Dmítri Peskov, garantiu que Putin realiza testes com regularidade e que está “tudo bem” com ele.

Fonte: G1