Mundo

Meghan Markle assina contrato com a Disney e doa cachê para proteção de elefantes

Above

Poucos dias depois de o príncipe Harry e Meghan Markle anunciarem sua saída do círculo de membros seniores da família real, a mídia britânica noticiou que a duquessa de Sussex assinou um contrato de dublagem com a Disney. Segundo o “Times”, o cachê do projeto, fechado antes do Natal, vai para a ONG Elephants Without Borders, que visa a proteger elefantes da caça ilegal.

As especulações sobre o valor de mercado do casal andam a todo vapor. Ronn Torossian, da empresa nova-iorquina 5W Public Relations, disse ao “Daily Mail” que o poder aquisitivo de Harry e Meghan é “ilimitado em todos os aspectos”. Ou seja: além de presença em eventos, a dupla poderia fechar bons contratos de embaixadores com gigantes como Google ou Apple. O caminho agora estaria aberto para esse tipo de negociação – e pode render, pelas contas dos especialistas, até US$ 1 bilhão em 10 anos.

De acordo com o jornal “The Mirror”, o Palácio de Buckingham teria ficado “irritado” com a tentativa do casal de lucrar com seu status real. Harry, no entanto, tem sua própria fortuna pessoal. Estima-se que seja de 30 milhões de libras, dinheiro herdado da mãe, a princesa Diana, e da rainha-mãe, Elizabeth, mulher do rei George VI e mãe da rainha Elizabeth II. No entanto, a maior parte da renda do duque vem do príncipe Charles, que dá ao filho uma “mesada” vinda dos ganhos com o ducado da Cornuália.

O Globo

Below