Mundo

Menino de 2 anos que caiu em poço na Espanha é encontrado morto

As equipes de resgate localizaram neste sábado, já sem vida, o menino de 2 anos que caiu em um profundo poço no último dia 13, em Totalán (Málaga), no sul da Espanha, segundo informações de fontes oficiais.

O corpo do pequeno Julen Rosello, encontrado por volta de 1h25 (hora local) estava preso em um túnel de 25 centímetros de diâmetro e 107 metros de profundidade.

Minutos antes da notícia ser divulgada, na casa onde estiveram hospedados por vários dias, os pais da criança passaram por momentos de tensão e ouviram gritos de “de novo não!, De novo não!”. Possivelmente em referência ao outro filho, de 3 anos, irmão mais velho de Julen, que o casal perdeu há alguns anos.

Depois de localizar o corpo, a comissão judicial foi ativada para investigar o que aconteceu.

O carro funerário, que previsivelmente transporta os restos mortais do pequeno Julen, deixou o local por volta das 4h (hora local).

Quase simultaneamente, as equipes que participaram do resgate também deixaram a área de trabalho, incluindo os oito mineiros que por mais de 30 horas procuraram a criança.

Julen passou mais de 12 dias em um buraco frio de 25 centímetros, com mais de 70 metros de profundidade, enquanto mais de 300 pessoas trabalhavam do lado de fora perfurando a rocha e a terra que o mantinham preso.

A operação para resgatá-lo foi considerada a mais complexa realizada na Espanha, já que dezenas de máquinas, perfuradores e escavadeiras removeram cerca de 83 mil metros cúbicos de terra para cavar um poço paralelo que chegasse até o menino.

Fora da área de trabalho, em Totalán, pais, familiares e centenas de vizinhos esperavam com tensa expectativa durante todo esse tempo as notícias sobre o resgate, das quais todo o país acompanhou através da mídia.

O prefeito de Málaga, Francisco de la Torre, anunciou luto oficial na cidade pela morte de Julen.

EFE Totalán (Espanha)

Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios