politica

”Milagres não acontecem e recuperação depende da Previdência”, diz Joice Hasselmann

A líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), afirmou que o recuo do PIB no primeiro trimestre divulgado nesta quinta-feira é compreensível porque a recuperação da economia brasileira depende da aprovação da reforma da Previdência, e acrescentou que não é possível fazer “milagres”.

“É absolutamente compreensível que nós tenhamos nesse momento esses números do PIB. Por quê? Porque ainda nós não conseguimos a aprovação da nova Previdência. Isso deve acontecer até o final desse semestre, e nós sabemos que para gerar emprego e para ter investimento, a gente tem que destravar o país, e o primeiro passo é a nova Previdência”

Disse Joice a jornalistas, após participar de café da manhã da bancada feminina com o presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

A economia brasileira iniciou 2019 com contração no primeiro trimestre, com fraqueza na indústria, na agropecuária e em investimentos, na primeira queda trimestral desde o fim de 2016 e confirmando o quadro de dificuldades da economia e as preocupações com as perspectivas.

“Então, milagres não acontecem, ninguém tem uma vara de condão aqui. O presidente não tem uma vara de condão, o ministro (da Economia) Paulo Guedes não tem uma vara de condão, eu não tenho uma vara de condão. A gente não sai fazendo milagre”

Argumentou.

O Produto Interno Bruto (PIB) teve recuo de 0,2% no primeiro trimestre na comparação com os últimos três meses de 2018, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Essa é a primeira contração trimestral desde os três últimos meses de 2016, em meio à profunda recessão de 2015-2016, da qual a economia ainda não conseguiu se recuperar. Agora, o país corre risco de sofrer nova recessão, aumentando a pressão sobre Bolsonaro.

A líder também comemorou, após o café da manhã, a aprovação na Câmara dos Deputados na madrugada desta quinta da Medida Provisória 871, que combate fraudes em benefícios previdenciários.

Comentários

Fonte
Agência Brasil
Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios