Brasil politica

Morre o deputado Luiz Flávio Gomes, aos 62 anos

O deputado e jurista Luiz Flávio Gomes (PSB-SP) morreu na madrugada desta quarta-feira (1º), em São Paulo, em decorrência de uma leucemia aguda. Ele estava afastado do mandato desde setembro do ano passado, quando foi diagnosticado com a doença. Luiz Flávio, de 62 anos, era colunista do Congresso em Foco.

Professor de direito penal e de processo penal, o deputado foi juiz, promotor de Justiça, advogado e delegado. Criou a rede de cursinho LFG, a primeira em modelo telepresencial no Brasil, especializada na preparação para concursos públicos e exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Também fundou e liderou o movimento de combate à corrupção “Quero um Brasil Ético”.

O jurista era mestre e doutor em direito penal pela Universidade de São Paulo (USP) e pela Universidade Complutense de Madri. O deputado tinha o combate à corrupção como um de suas principais bandeiras. O tema era recorrente em seus artigos publicados neste site.

Em seu último texto publicado no Congresso em Foco, Luiz Flávio Gomes criticou a interferência política na Receita Federal, citando o episódio em que a família Bolsonaro era acusada de pedir para trocar os delegados chefes das duas unidades estratégicas de fiscalização alfandegárias do estado. “Pelas alfândegas tramitam muitos produtos e interesses das milícias, do tráfico de entorpecentes assim como das castas privilegiadas”, observou o deputado.

Fonte: Congresso em Foco