Brasil Cultura

Naomi Munakata, uma das principais regentes do Brasil, morre por coronavírus.

Naomi Mukanata estava internada havia uma semana em São Paulo

A maestrina Naomi Munakata morreu aos 64 anos nesta quinta-feira (28) na capital paulista. A musicista estava internada havia uma semana, com suspeita de ser portadora da Covid-19. Ela era regente do Coral Paulistano Mário de Andrade do Teatro Municipal, seu último trabalho. A informação foi confirmada pela Vejinha com a assessoria do teatro.

Naomi nasceu em Hiroshima e veio para o Brasil aos dois anos de idade. Estudou instrumentos como piano, violino e arpa e se formou em composição e regência na Faculdade de Música do Instituo Musical de São Paulo.

Ela foi diretora da Escola Municipal de Música de São Paulo e durante duas décadas regeu o Coral da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Osesp.

Fonte:VejaSP