Brasil Economia

NATH FINANÇAS – Youtuber que fala de dinheiro de forma acessível para pessoas de baixa renda

A youtuber e estudante Nathália Rodrigues, 21 anos, mais conhecida como Nath Finanças, chama a atenção nas redes sociais por falar de dinheiro de uma forma acessível e descontraída para pessoas de baixa renda.

O interesse pela educação financeira surgiu após Nath ingressar em uma graduação em administração e ter contato com matemática financeira. Conforme aprendia sobre o assunto, ela sentiu a necessidade de repassar seus conhecimentos sobre juros e o sistema financeiro adiante.

Seu pai foi o cobaia. No início, ela levou suas orientações para dentro de sua casa, enfatizando a importância de não pagar serviços bancários desnecessários, criar o costume de anotar despesas e saber organizar um orçamento, por exemplo.

Projeto entrou no ar no fim de janeiro de 2019. O primeiro vídeo no YouTube foi lançado há um ano e, apesar dos recursos limitados – a gravação foi feita com seu celular e não havia produção de cenário ou iluminação –, o projeto para o negócio crescer já estava montado.

“Como boa administradora que sou, já fiz um plano de negócios logo no início. Analisei quais eram os pontos fortes e fracos”, diz Nath. Moradora da periferia do Rio de Janeiro, ela estava cansada de gurus financeiros que não dialogavam com a sua realidade.

“Eu achava muito interessante que pessoas (na internet) mostravam a fórmula para ser milionário falando para guardar R$ 1 mil por mês. Essa não é a realidade da maioria da população, muita gente nem ganha esse valor. Não existia conteúdo sobre finanças para pessoas como eu”

E quem são as pessoas como a Nath? De acordo com o IBGE, em 2018 a renda domiciliar per capita no Brasil foi de R$ 1.373. A metade mais pobre da população (cerca de 104 milhões de brasileiros) vive com apenas R$ 413 mensais – e são com essas pessoas que a Nath Finanças quer falar, ou melhor, traduzir o “financês”.

“Termos financeiros são difíceis e eu quero passar os conteúdos de uma forma simples e prática para moradores da periferia, trabalhadores, bolsistas e estudantes”, diz.

Rotina para manter o canal é pesada. A jovem se divide entre a faculdade, o estágio e a criação de conteúdos para a internet. Nath acorda às 5 horas da manhã (e não é por ser “sócia” do “5 AM club”) para fazer o trajeto entre sua casa em Nova Iguaçu (região metropolitana do Rio) até o trabalho, no centro da capital fluminense. O deslocamento é feito de ônibus e demora mais de 2 horas. Ela só retorna para sua cidade no final da tarde e em seguida segue para a faculdade.

No meio de toda a correria, Nath não se priva de ter momentos de lazer e costuma falar sobre saúde mental e sua relação com o dinheiro. Fazer “bicos” exaustivos e ter metas de renda extra, como sugerem alguns de seus colegas youtubers de educação financeira, não está entre as dicas da carioca. Segunda ela, essas práticas podem até ser benéficas no curto prazo, mas são prejudiciais ao longo do tempo.

“Quando você está com problemas financeiros, a saúde é afetada. As pessoas ficam muito estressadas com a falta de dinheiro. Entender finanças e como funciona a saúde mental tem que andar sempre junto para você não pirar”, diz Nath.

E quais são os próximos passos? A produtora de conteúdo é sonhadora e tem uma lista de metas para o futuro. Continuar disseminando educação financeira para pessoas de baixa renda está entre elas. Além disso, gostaria de escrever um livro com dicas práticas para o orçamento doméstico, fazer mestrado em economia, trabalhar na área financeira e dar consultoria gratuita nas periferias e em escolas públicas. Esta última meta pode acontecer mais rápido do que imaginava, já que ela tem recebido recursos de patrocinadores.

No entanto Nath é bastante seletiva em relação às marcas que apoia. “Só fecho trabalho que faça sentido para mim e para a minha comunidade”, foi o que respondeu ao ser questionada sobre ter recusado propostas de algumas empresas. “As pessoas me admiram por não ter parceria com bancos e corretoras. Eu prefiro recusar e manter meus valores e independência”, complementa.

A meta é falar de dinheiro sem ser chata em todos os canais. Além do canal no YouTube, Nath usa o Twitter (rede em que tem mais de 200 mil seguidores) para ensinar seu público a lidar melhor com o dinheiro. E a estratégia tem dado resultado. De maneira descontraída e em poucos caracteres, as dicas aparecem quase que diariamente:

A hashtag #NathFinancasEu, em que seguidores “confessam” se estão conseguindo seguir as dicas da influenciadora, teve bastante sucesso em dezembro de 2019 e chegou a ser um dos assuntos mais discutidos da plataforma. Até mesmo um selo de aprovação com o rosto da youtuber foi criado para ser distribuído entre os mais aplicados com as finanças pessoais.

 

Fonte:6Minutes