Capital Rondônia

No 1º dia de testagem em massa para Covid-19 em Porto Velho, 21% testou positivo para a doença

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) iniciou, quarta-feira (3), a testagem rápida de pessoas com sintomas suspeitos do novo coronavírus (Covid-19). A ação é parte do Projeto Mapeia Rondônia, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) em parceria com os 52 municípios.

Neste primeiro dia, conforme levantamento parcial realizado no final da tarde pela Semusa, em 15 unidades de saúde foram aplicados 850 testes, sendo 180 positivos, o que representa 21% dos testados.

Foram disponibilizadas oito mil unidades para a testagem de pessoas sintomáticas na capital. A Semusa encaminhou 1.100 kits aos distritos, incluindo Alto e Baixo Madeira, locais onde a testagem iniciou nesta quinta-feira (4). Jaci-Paraná, União Bandeirantes e Nova Califórnia estão entre as localidades que começaram o trabalho

O aposentado Ismael Rodrigues foi um dos primeiros a receber atendimento na USF Oswaldo Piana, localizada no bairro Areal. Ele conta que chegou por volta das oito horas da manhã e encontrou somente cinco pessoas a espera de atendimento.

“Vim pensando que enfrentaria fila grande, mas graças a Deus não tem. Estou com sintomas de há uns 10 dias, por isso preferi fazer o teste para tirar a dúvida”, conta ele.

Para a secretária titular da Semusa, Eliana Pasini, a população compreendeu o objetivo da ação e está atendendo ao pedido para evitar aglomerações e deslocamentos desnecessários.

Para fazer o teste rápido, a pessoa precisa se encaixar no critério estabelecido pela Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde e pelo fabricante do produto que é, apresentar sintomas de Covid-19 (febre, dor de cabeça, coriza, tosse, dor de garganta, diarreia, perda de olfato e paladar) persistente por mais de sete dias.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a realização antes do período indicado pode levar a resultados negativos, mesmo nas pessoas que possuem o vírus, gerando resultado falso negativo.

“É importante que somente aqueles com sintomas por mais de sete dias procurem as unidades neste momento. Assim, o trabalho será feito com mais celeridade e cada um faz sua parte para a não proliferação do vírus”.

A primeira etapa de testagem para Covid-19, coordenada pelo Estado, começou na quarta-feira (3) e segue até a próxima terça-feira (9).

Mais RO