Rondônia

Novos aparelhos chegam a Rondônia para equipar unidades de saúde e salvar vidas

50 bombas de infusão compradas pelo Governo e 25 ventiladores mecânicos doados pelo MPT e TRT

A boa notícia chegou no início da tarde da quinta-feira (18), em Porto Velho, no avião do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia que deslocou uma equipe para buscar, em São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG), as 50 bombas de infusão compradas no início do ano pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e 25 ventiladores mecânicos de alta performance doados pelo Ministério Público do Trabalho (MPT)  e Tribunal Regional do Trabalho 14 região (TRT).

A bomba de infusão, adquirida pelo Estado antes mesmo de ser registrado o primeiro caso de coronavírus em Rondônia, é um recurso indispensável no setor da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e até mesmo em salas de emergência e ambulância.

Os equipamentos irão paras as unidades de saúde hospitalares do Estado como o Hospital de Campanha, Centro de Reabilitação de Rondônia (Cero), Centro de Medicina Tropical (Cemetron), Assistência Médica Intensiva 24 Horas (AMI 24h), Pronto Socorro João Paulo II e Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, Hospital Regional de Cacoal e demais unidades que necessitam dos equipamentos.

O secretário da Sesau, Fernando Máximo, destacou a importância da parceria com os órgãos públicos que se uniram ao Estado e fizeram a doação de 25 ventiladores pulmonares, equipamentos considerados raros no mercado devido à pandemia. Na oportunidade, ele também agradeceu o apoio da deputada federal Mariana Carvalho.

“ O governo tem investido desde o inicio do ano em equipamentos de UTI para pacientes com coronavírus. Além dos equipamentos que compramos, como estas bombas de infusão e monitores multiparametros, também recebemos apoio do Ministério da Saúde, que nos enviou 65 ventiladores pulmonares. Esta semana fizemos a entrega de nove destes ventiladores para Vilhena, São Miguel do Guaporé e Pimenta Bueno”, destacou Máximo.

O titular da Saúde também agradeceu a equipe do Corpo de Bombeiros Militar, a Corporação tem sido sempre solícita nas missões que envolvem a busca de equipamentos e aparelhos necessários para equipar as unidades hospitalares de saúde do Estado.

Para a procuradora Camila Holanda, do Ministério Público do Trabalho, que esteve empenhada em consolidar a compra o mais breve possível, o diálogo entre os Poderes só traz benefícios à população. “O nosso papel diante da população é de defender seus direitos e esta é uma forma de devolver ao cidadão o fruto de todo o trabalho do órgão. Para adquiri os ventiladores pedimos a ajuda da Unops, agência organizacional da ONU, de tão difícil que está para encontrar o produto no mercado, mas conseguimos “.

Também estiveram na entrega o procurador Carlos Lopes do MPT, o diretor-geral do TRT-RO, Lélio Lopez e o comandando Genival do CBM-RO.

Secom