Almanaque | Humberto Oliveira

Humberto Oliveira nasceu em Fortaleza/Ceará, há 55 anos, mas há mais de 20 é rondoniense de coração. Jornalista formado pela Faro, mas um escrevinhador desde os 13, colecionador de filmes, livros e cds, cinéfilo desde os 5 anos de idade quando foi ao cinema pela primeira vez (o filme Branca de Neve e os 7 anões), no grandioso Cine São Luiz. Fã de Ruy Castro, Nelson Rodrigues, Woody Allen, Martin Scorsese,Nelson Pereira dos Santos, cinema noir e música brasileira. Apaixonado por cinema já ministrou cursos de roteiro e História do cinema. Participou de cinco edições do Fest Cine Amazônia, como assessor de imprensa, duas vezes na seleção de filmes, presidente de júri e jurado. Admirador e conhecedor do dramaturgo Nelson Rodrigues ministrou palestras sobre a vida e a obra deste genial autor. É casado, tem três filhos e escreve poemas em homenagem aos amigos e pessoas que admira. Seu filme predileto é O Poderoso Chefão (a trilogia). Ama filmes clássicos, mas não deixa de assistir a maioria das produções em cartaz. Também aprecia o teatro e um bom papo.
CulturaFilmes

O nome dele é Tim Burton

Um cineasta com estilo peculiar, que mesmo o espectador não apreciando, sem dúvidas não fica indiferente.

O nome dele é Tim Burton

Final de semana dedicado ao cineasta Tim Burton, um cineasta com estilo peculiar, que
mesmo o espectador não apreciando, sem dúvidas não fica indiferente. Burton, com seus
personagens bizarros, é mais que apenas um diretor, é um artista, um verdadeiro contador
de histórias como poucos na selva chamada Hollywood.
Leitura da compilação lançada pela editora Estronho, e os longas, a irregular adaptação da
série Sombras da noite para o cinema (a série teve mais de 1200 episódios); o
aterrorizante A lenda do cavaleiro sem cabeça, o incompreendido Sweeney Todd o
barbeiro demoníaco da rua Fleet (baseado no musical homônimo da Broadway), o sensivel
e maravilhoso Edward, mãos de tesoura. O melhor ficou para o final, a obra prima de
Burton, o sensacional Ed Wood (cinebiografia daquele que é considerado o pior diretor do
mundo, Edward D. Wood Jr.). Todos estes filmes foram estrelados por Johnny Deep,
quando ainda estava no auge. Infelizmente, o ator não tem acertado muito nas produções
mais recentes. Tim Burton também está devendo um bom filme há algum tempo. Na sua
filmografia fazem parte Os fantasmas se divertem; Batman, o filme; Batman, o retorno;
Marte ataca; O planeta dos macacos; Alice no país das maravilhas; Peixe grande; O lar
das crianças peculiares; Grandes olhos e outros. Seu longa mais recente é a versão live
action do desenho da Disney Dumbo.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios