Brasil

OITO DIAS – Corpo de aposentado que saiu para cobrar dívida de R$ 70 mil é encontrado

O aposentado Antônio Vanderlei de Faria, de 65 anos, que desapareceu após sair para cobrar uma dívida de R$ 70 mil, foi encontrado morto na tarde desta quinta-feira (20) Caiapônia, no sudoeste de Goiás, a 334 km distante da capital. Ele não era visto pelos familiares desde o último dia 12.

A Polícia Civil, por meio do Grupo Antissequestro (GAS) da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), confirmou que encontrou o corpo em uma região desabitada da área rural de Caiapônia, à beira de um penhasco.

A Polícia Civil afirmou que só se manifestará sobre o caso após o término das investigações e disse ainda que informações só serão concedidas à imprensa no “momento oportuno”.

O aposentado foi visto pela última vez na região do setor Nova Suíça, em Goiânia.

Imagens de câmeras de segurança mostram quando o idoso sai do prédio, acena para uma pessoa e, em seguida, passa sentado no banco do passageiro de uma caminhonete.

A família registrou o boletim de ocorrências na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) na quinta (13).

A filha do idoso, Larissa Santiago de Faria, de 33 anos, chegou a contar à polícia que o pai cobra a dívida há um tempo. Segundo ela, o homem que deve os R$ 70 mil a o aposentado propôs que ele o ajudasse com a venda de uma fazenda e ficasse com o dinheiro como parte do pagamento.

De acordo com o boletim de ocorrências, preocupada com o sumiço do pai, a Larissa chegou a ligar para o homem que deve Antônio duas vezes.

No primeiro telefonema, ele disse que não teria se encontrado com o aposentado. No segundo, mudou a versão e disse que o idoso teria entrado na caminhonete, recebido parte do dinheiro e ido embora. Segundo ela contou à polícia, outras ligações não foram mais atendidas.

Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios