Capital Destaques

Operação Covid Zero na Zona Sul atendeu e medicou quase 200 pessoas

Comdecom

Foram atendidos moradores com sintomas do novo coronavírus dos bairros Caladinho, Eldorado, Cohab e Castanheiras

A Secretaria Municipal e Saúde (Semusa) executou, na quarta-feira (2), mais uma etapa da Operação Covid-Zero em Porto Velho. A força tarefa montada para atender a população com sintomas do novo coronavírus (Covid-19) aconteceu na Zona Sul para moradores dos bairros Caladinho, Castanheiras, Cohab e Eldorado.

A ação aconteceu na Escola Estadual Jorge Vicente Salazar e beneficiou 193 pessoas sintomáticas, identificadas previamente pelos agentes comunitários de saúde que atuam nas unidades de saúde do Caladinho e Castanheiras.

Foram realizadas 197 consultas com médicos especialistas, 113 testes rápidos com oito resultados positivos. Outros oito pacientes que já tinham sido atendidos nas unidades de saúde envolvidas e passaram por retorno médico. Mais 108 pessoas foram encaminhadas para retirar os medicamentos na farmácia, instalada estrategicamente na escola.

Segundo o Boletim Epidemiológico 20, publicado pelo Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), até o dia 29 de agosto os bairros Caladinho, Castanheiras, Cohab e Eldorado apresentavam 2.136 casos e 74 óbitos decorrentes da doença.

BALANÇO

Esta foi a quarta ação da prefeitura de Porto Velho executada pela Semusa. Até agora, a força tarefa atingiu a marca de 1.274 consultas realizadas a pessoas que apresentavam algum tipo de sintoma da Covid-19. Outras 566 foram atendidas nas farmácias que são montadas nas operações, além de 795 testes rápidos aplicados, com 80 pessoas positivadas.

A primeira operação aconteceu no bairro Aponiã, no dia 25 de julho, com 327 consultas médicas em pacientes sintomáticos realizadas, 176 atendimentos na farmácia implantada na escola e 166 testes rápidos foram efetuados sendo 22 positivos.

A segunda ação aconteceu no bairro Agenor de Carvalho no dia 31 de julho onde foram realizadas 457 consultas médicas em pacientes sintomáticos, 167 atendimentos na farmácia implantada estrategicamente na escola e 324 testes rápidos aplicados sendo 18 positivos.

A terceira edição aconteceu no bairro Socialista, no dia 12 de agosto, com a realização de 297 consultas médicas em pacientes sintomáticos, 115 atendimentos na farmácia implantada estrategicamente na escola, 192 testes rápidos aplicados sendo 32 positivos.

A próxima ação deve acontecer em 15 dias e o local depende do Boletim Epidemiológico, que mostra a incidência de casos e óbitos por regiões de Porto Velho. A escolha da região leva em consideração esses dados.

Comdecom