Início Destaques SINAL VERMELHO – Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em...

SINAL VERMELHO – Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em duas secretarias de Porto Velho

As diligências abrangeram a sede da Secretaria Municipal de Transito, Mobilidade e Transportes (Semtran) e da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz)

As equipes estiveram em vários pontos do município de Porto Velho com objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão e a realização de exames periciais.

Na manhã desta quinta-feira (08), a Polícia Civil do Estado de Rondônia, através da Delegacia de Repressão à Criminalidade Organizada (DRACO), com apoio de peritos da Polícia Técnica (POLITEC), deflagrou a operação denominada “Sinal Vermelho”, quando na ocasião as equipes estiveram em vários pontos do município de Porto Velho com objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão e a realização de exames periciais. Cerca de 30 policiais participaram da ação.

As diligências abrangeram a sede da Secretaria Municipal de Transito, Mobilidade e Transportes (Semtran) e da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), além de outros três endereços, com o propósito de serem arrecadados documentos e dispositivos eletrônicos que ajudem a esclarecer a denúncia de um possível esquema de desvio de verba pública por meio da instalação e manutenção dos semáforos da Capital.

É importante ressaltar que foram realizadas ainda perícias em 28 (vinte e oito) semáforos instalados em confluências de algumas vias da cidade de Porto Velho, visando averiguar sua adequação com o processo licitatório. Todo material arrecadado foi levado para a sede da Draco, onde será analisado, bem como, aguarda-se o resultado dos exames periciais para que se concluam as investigações.

Por motivo de sigilo das informações desta investigação, a Polícia Civil do Estado de Rondônia não realizará coletiva de imprensa. É importante revelar ainda que nenhuma prisão foi realizada, assim como, não foi expedido nenhum mandado de prisão.

PREFEITURA

A Secretaria Municipal de Transito, Mobilidade e Transportes (Semtran) divulgou uma nota de esclarecimento através da assessoria oficial da Prefeitura de Porto Velho:

A busca e apreensão realizada na manhã desta quinta-feira (8) na Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) de Porto Velho tinha como alvo processos de manutenção semafórica do ano de 2011. A Prefeitura colaborou com as informações solicitadas pela polícia e informa ainda que todos os valores pagos à empresa estão disponíveis no Portal da Transparência.

Segundo o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, houve busca e apreensão também na Semfaz, mas sem necessidades, uma vez que o processo não estava lá. “Nós ainda não temos conhecimento exatamente do que está acontecendo, mas eu trago aqui os pagamentos feitos nos últimos quatro anos para a empresa em questão. Em 2015 foram pagos R$ 9.536.000, ainda na gestão do ex-prefeito Mauro; em 2016, RS 9.493.000, isso são dados do sistema de contabilidade da Prefeitura de Porto Velho. Em 2017, já nossa gestão, o pagamento foi de R$ 2.031.000, saímos de R$ 9,5 milhões para pouco mais de R$ 2 milhões. E neste ano, até a presente data, R$ 1.305.000. Então, eu não entendo exatamente que está acontecendo, mas imagino que deva ter relação a esses pagamentos vultosos ocorridos na gestão anterior”, diz o prefeito, esclarecendo que não havia a necessidade de busca e apreensão.

“Bastava requisitar os processos, ou até mesmo a consulta no próprio Portal de Transparência da prefeitura, que teriam acesso a todas essas informações”.

Questionado sobre o possível envolvimento de servidores, Hildon Chaves disse que se houver comprovação, o servidor será afastado e punido. “Nós não toleramos qualquer ato não republicano na nossa gestão e não estou aqui afirmar que eventualmente aconteceu. Acredito até que não, nós precisamos receber as informações, pois não tivemos acesso ainda a decisão desta busca e apreensão”, finaliza o prefeito.

Comdecom

O Rondoniense