Connect with us

Hi, what are you looking for?

Capital

Pacientes com sequelas têm reabilitação gratuita em Porto Velho

Valtina Magno da Silva, 72, e Edmilson Soares Ximenes, 64, não se conhecem. Mas ambos superam um dos maiores desafios de suas vidas, a Covid-19. Após a cura, essas pessoas, assim como outras dezenas, buscaram acompanhamento médico por causa das variadas sequelas que ficaram.

É para dar suporte às pessoas que foram curadas do vírus que a Prefeitura de Porto Velho presta este atendimento no Centro Especializado em Reabilitação (CER), que é uma unidade da Prefeitura de Porto Velho, mantida 100% com recursos próprios.

Valtina Magno da Silva, 72 anos

O tratamento é inédito no estado e está disponível ao público desde outubro de 2020.

Os serviços são disponibilizados nas áreas de fisioterapia respiratória, terapia ocupacional, fonoaudiologia, assistente social e psicologia.

Dona Valtina é aposentada e mora no bairro Três Marias. Ela passou 23 dias internada e usando máscaras de Ventilação Não Invasiva (VNI). Superados os dias de hospitalização vieram as dificuldades para respirar, principalmente quando precisava andar. A solução veio com atendimento multidisciplinar no CER.

“O momento é de felicidade por ter vencido essa doença, já com a idade avançada”, declarou a aposentada. Ela fez um alerta às pessoas para que se cuidem e não se aglomerem. “A vida é só uma. A gente perde e não tem outra”, justificou Valtina.

PROCEDIMENTO

Edmilson SoaresPara dar início ao tratamento e acompanhamento é necessário passar por um procedimento padrão, que é a consulta médica numa Unidade Básica de Saúde (UBS). Depois, com o encaminhamento, buscar uma Central de Regulação Médica, que funciona na própria UBS. Assim fez o administrador Edmilson Soares, morador do bairro Aponiã, que recebeu atendimento.

“No CER há um diferencial muito grande em relação às clínicas que já frequentei fazendo fisioterapia. Há acompanhamento da equipe multidisciplinar”, disse Edmilson. De acordo com ele, há um acolhimento e atendimento muito especial desde a recepção.

O paciente contou que fez descobertas importantes durante o acompanhamento pela equipe do CER. Ele descobriu, por exemplo, que a Covid-19 pode afetar os diversos sistemas do corpo humano e, pode exigir serviços de fisioterapia e fonoaudiologia, além do aspecto psicológico.

Edmilson é hipertenso e depois de ser acometido pela Covid-19 ganhou 40 quilos. Agora, busca a recuperação do peso ideal e a superação das demais fragilidades. “Felizmente tenho um Deus grande e confio nele… Somos especiais e espero que Deus abençoe a todos e os trabalhadores da saúde”, completou.

ATENDIMENTOS

Eliane Rose Takahara, fisioterapeuta

Desde que iniciou o serviço especializado em reabilitação do condicionamento cardiorrespiratório, o CER já atendeu mais de 270 pacientes. “Eles sentem muito cansaço. O tratamento dá ao paciente, condição de seguir a sua vida”, conta a fisioterapeuta, Eliane Rose Takahara.

A profissional informou ainda que a duração do tratamento depende de cada pessoa, podendo superar os seis meses, pois a Covid-19 ataca as fibras musculares e é sistêmica. “Além da parte pulmonar, ficam sequelas psicológicas, perda da destreza e coordenação, por exemplo. O que fazemos não é milagre, é um tratamento que ocorre no dia a dia”, completou Eliane.

Para concluir o tratamento, no menor tempo possível, os pacientes fazem exercícios respiratórios, aeróbicos e usam a bicicleta ergométrica para fortalecer a musculatura.

GRATUITO

Mayara

Mayara Sousa, diretora do CER

De acordo com a diretora do CER, Mayara Souza, o período da manhã é exclusivo para o serviço pós-Covid, com atendimento da equipe multidisciplinar para quatro pacientes diários.

“Após a triagem, o paciente é encaminhado à fisioterapia respiratória. Na primeira sessão, já recebe o atendimento dos demais profissionais e, se eles detectarem a necessidade de continuar com outros serviços, fazem o complemento”, explicou.

Segundo Mayara, há uma demanda de atendimentos, pois muitos já chegam afetados por terem perdido algum familiar e necessitam, por exemplo, de psicólogos para acompanhá-los. “A Prefeitura de Porto Velho dá o suporte, pois muitos pacientes não têm condição de pagar um tratamento”, completou a diretora do CER.

LOCALIZAÇÃO

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) está situado à Rua Jamari, bairro Pedrinhas, ao lado da Policlínica Ana Adelaide.

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Brasil

Falta de matéria-prima importada ameaça fabricação de imunizantes contra a covid no país. IFA que chegaria esta semana para o Butantan só desembarca na...