Economia

Parlamentar volta a cobrar do governo soluções para o aumento drástico nas contas de energia

Above

Nesta manhã de terça-feira (01), durante a reunião da Comissão de Indústria e Comércio, na Assembleia Legislativa do Estado, o deputado Geraldo da Rondônia (PSC), manifestou repúdio em relação a prestação de serviço da empresa “Energisa”, que atualmente é responsável pelo abastecimento de energia elétrica em Rondônia.

O parlamentar argumentou que a empresa está arcando com um verdadeiro desserviço para a população do Estado, deixando as famílias rondonienses em total crise financeira para manter o necessário fornecimento de energia elétrica de forma ativa.

“A empresa entrou no Estado demitindo centenas de funcionários altamente qualificados. Não consigo entender o critério que os levou a essa tomada de decisão. Acredito que seja para contratação de funcionários mais novos, estagiários, menos capacitação ou experiência, assim reduzindo custos internos. Lamentável, esse fato”, argumentou Geraldo da Rondônia.

O deputado falou ainda sobre a instauração junto a Assembleia Legislativa de uma CPI para investigar e detalhar o que de fato a Energisa está fazendo com os consumidores do Estado. “Esse aumento abusivo, sem justificativa, relógios medidores substituídos. O que está acontecendo? Essa CPI com certeza vai muito longe”, afirma.

Geraldo da Rondônia ainda popôs que o Governo do Estado estabeleça uma proposta para esse empasse, com uma proposta de redução de impostos. “O governo precisa nos apresentar uma saída plausível para todo esse abuso. Os empresários precisam querer voltar a investir em nosso Estado. A população não pode ficar aterrorizada pela conta de energia”, finalizou.

Below