Connect with us

Hi, what are you looking for?

Destaques

Patrulha Maria da Penha está suspensa há mais de um mês em Rondônia. Sesdec diz que casos de violência não aumentaram.

Divulgação

Suspensa há mais de um mês devido a pandemia do Covid – 19, as fiscalizações da Patrulha Maria da Penha no estado de Rondônia continuam paradas. Ao total, Rondônia possui 12 viaturas, no municípios de Porto Velho, Guajará-Mirim, Ariquemes, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura, São Miguel do Guaporé e Vilhena. Na capital e distritos são disponibilizadas três patrulhas.

A Patrulha Maria da Penha realiza ações contra violência doméstica e possui medida protetiva de urgência contra o agressor ou risco eminente de morte da mulher. A guarnição é composta por no mínimo dois policiais, sendo que um, obrigatoriamente, deve ser do sexo feminino. Todos devem ser capacitados para executar ações do Programa de Prevenção à Violência Doméstica e Familiar.

SESDEC

A Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) informou que os números de casos de violência doméstica contra a mulher não tem aumentado, e confirmou a suspensão das visitas da Patrulha Maria da Penha às casas das mulheres que têm medida protetiva.

CASA DE APOIO Á MULHER

Apesar dos dados da Sesdec informarem que não houve aumento de casos de violência contra mulheres, a unidade de Apoio à Mulher Vítima de Violência Doméstica (UAMVVD), em Porto Velho, informou que a Casa da Mulher não ficou mais vazia desde o dia 16 de março, quando o governo de Rondônia decretou situação de emergência de saúde pública. A coordenação do local afirma que o abrigo tem recebido diversas mulheres vítimas da violência.

OAB

Segundo a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) , os casos de violência doméstica vem crescendo exponencialmente desde o início do isolamento social, e está trabalhando para levar às mulheres o auxílio e amparo necessário, por meio da Ouvidoria da Mulher (https://ouvidoria.oab-ro.org.br/ouvidoria/ouvidoria-da-mulher).

As denúncias feitas para a ouvidoria da Mulher da OAB/RO podem ser realizadas por meio da página na internet disponível no site da Seccional (https://ouvidoria.oab-ro.org.br/ouvidoria/ouvidoria-da-mulher), no telefone (69) 3217-2112 ou no Whatsapp (69) 99283-4762.

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

Cultura

Oi, aqui é o Álisson, prazer, quem me conhece pessoalmente sabe que sou bocudo  –  em várias variáveis, inclusive. Começo pelo meu fenótipo: boca...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...