Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Capital

Pessoas a partir de 45 anos começam a ser vacinadas nesta terça-feira

Pessoas a partir de 45 anos serão vacinadas contra a Covid-19 a partir desta terça-feira (22), em Porto Velho. O atendimento será feito mediante cadastro e agendamento no aplicativo SASI, da Prefeitura Municipal, no Campus I da Faculdade Uniron, no bairro Cascalheira, das 9h às 16h.

Segundo a Divisão de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), serão aplicadas doses da vacina AstraZeneca. “Estão disponíveis cerca de 4 mil doses para o atendimento nesta terça-feira. Mas é fundamental estar cadastrado e fazer o agendamento no SASI”, destaca a gerente da divisão Elizeth Gomes.

Os cadastrados recebem uma notificação por e-mail ou por telefone indicando a hora exata de receber a vacina.

É necessário efetuar o cadastro no SASI e aguardar o agendamento

O SASI está disponível em todas as lojas virtuais dos smartphones e pode ser baixado gratuitamente.

Para baixar o aplicativo no sistema Android, basta acessar o link:
https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.sasi.app

Para baixar no sistema IOS, clique no link:
https://apps.apple.com/br/app/sasi/id1467748272

CONSULTA

O Portal Imuniza, da Prefeitura de Porto Velho, também oferece o serviço de consulta de agendamento de vacinação.
Basta acessar o site: https://imuniza.portovelho.ro.gov.br/agendamentovacina

Mais de 170 mil doses já foram aplicadas em Porto Velho

No campo ‘Consultar Agendamento’ é necessário inserir número do CPF e data de nascimento. Em seguida, o sistema trará os dados referentes ao cadastro realizado no SASI.

BALANÇO

A Prefeitura de Porto Velho já aplicou 177.602 doses da vacina, sendo que 130.894 pessoas receberam a primeira dose. Outras 46.708 já completaram o ciclo de imunização com a segunda dose.

Das 220.346 doses recebidas do Ministério da Saúde (MS), o município já usou 80%.

 

VACINA CONTRA FOME

Quem deseja contribuir com a campanha Vacina Contra a Fome, pode fazer a doação de alimentos não-perecíveis no local vacinação. Os alimentos arrecadados, serão transformados em cestas básicas, que serão destinadas às famílias já cadastradas junto à Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), que fazem parte dos grupos socialmente vulneráveis e que enfrentam algum grau de insegurança alimentar.

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Destaques

Em meio à pandemia causada pelo coronavírus, com Rondônia registrando 1.460 casos da doença e 50 mortes, o governo de Marcos Rocha, através da...