Rondônia

Plano de Retomada da Economia em Rondônia é apresentado ao Poder Legislativo

Fotos: Arquivo ALE

As medidas adotadas e os projetos do Executivo Estadual encaminhados à Assembleia Legislativa de Rondônia direcionados em estimular a retomada da economia rondoniense foram pontuados na última terça-feira (18), durante reunião entre os deputados estaduais e o secretário de Estado de Finanças (Sefin) Luís Fernando Pereira da Silva.

Segundo destacado pelo secretário, o espaço para o diálogo é benéfico e importante para poder ter uma aproximação e interação sobre o entendimento dos projetos. “Agradeço a todos os deputados por permitir esse espaço, que de fato é uma ocasião importante para a gente poder ter essa aproximação e interação. Eu tenho certeza que essa possibilidade do diálogo vai ser muito benéfica para o Estado, uma vez que muitos projetos que, às vezes por falta de uma compreensão maior foram obstados e agora poderão avançar em benefício da sociedade”, argumentou o secretário.

Segundo Luís Fernando, o Governo de Rondônia está adotando medidas para alavancar a retomada das atividades econômicas no Estado. “Nós estamos preparando o plano de retomada do crescimento econômico. Medidas serão elaboradas, algumas que estão sendo implementadas por decreto e outras que serão objeto de Projeto de Lei.  As atenções estão voltadas visando estimular as empresas a recompor a  formação de estoques, a contratação de pessoal, e  a se preparar para o pós pandemia com intuito  de voltar em um nível de atividade que facilite aceleração do crescimento econômico do Estado,” descreve Luís Fernando.

Também foram protocolados, no mesmo dia dois projetos que se referem à base de Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). “Vamos fazer um REFAZ do IPVA vencidos até dezembro de 2019, que poderão ser pagos com redução de juros e multas de até 95% e parcelamento em até 60 meses”, ressalta.

Ainda foi destacado pelo secretário, a prorrogação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) vencido este ano de janeiro a  Julho. “Estamos prorrogando para dezembro e dispensando os juros e multas desses débitos. Isso tudo para facilitar a regularização de débitos vencidos dos proprietários de veículos”, explicou o secretário.

Ao ouvir a demanda dos deputados estaduais, o secretário se colocou à disposição dos parlamentares. “É sempre bom a gente verificar a possibilidade de ampliar e incentivar o investimento. Nós já estamos estudando algumas medidas  e iremos ampliar os estudos com as colocações  e sugestões dos senhores deputados”, enfatizou o secretário da Sefin.

Secom