Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Capital

Porto Velho disponibiliza plataforma de aulas virtuais para 14 municípios

Comdecom

Para ter acesso ao programa, a Semed de cada município deverá assinar um termo de adesão informando a quantidade de alunos que deverão ser atendidos

Com o acesso à educação facilitado para os alunos da rede municipal nesse momento de pandemia, a Prefeitura de Porto Velho vem contribuindo com 14 municípios do interior do Estado de Rondônia oferecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) denominado “Porto Velho Educação Virtual”.

O serviço é uma ferramenta pedagógica utilizada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), que desde meados de abril atende mais de 15 mil alunos da rede.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Educação (Semed), já aderiram ao AVA compartilhado os municípios de Ministro Andreazza, Campo Novo de Rondônia, Rio Crespo, Nova Brasilândia do Oeste, Alta Floresta do Oeste, Colorado do Oeste, Seringueiras, Nova Mamoré, Novo Horizonte do Oeste e parcialmente Vilhena. Os municípios com AVA individuais são, Ji-Paraná, Costa Marques, Ouro Preto do Oeste e Pimenta Bueno.

A Semed tem atuado de maneira enérgica e se preocupado com a reformulação na rede municipal de educação e criando estratégias e melhorias para os alunos, como ressalta o secretário Márcio Félix. “Esse é um momento que acontece uma nova forma na educação, no qual os recursos tecnológicos são utilizados de maneira abrangente, os desafios são inúmeros, entretanto nosso compromisso é continuar desenvolvendo ações que possibilitem a qualidade da educação no município de Porto Velho”.

A Prefeitura, por meio da Semed, vem incentivando o uso da ferramenta de forma gratuita, através da Coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação, Comunicação e Pesquisa (CMTI), responsável pela gestão do programa.

O programa “Porto Velho Educação Virtual” atua como uma forma alternativa para que os alunos da rede municipal possam continuar o aprendizado através da internet. Após a adesão à solução tecnológica, a CMTI com autorização do prefeito, libera o acesso para usufruírem da ferramenta.

ORIENTAÇÕES

Para ter acesso ao programa, a Semed de cada município, através do Serviço de TI, deverá assinar um termo de adesão informando a quantidade de alunos que deverão ser atendidos. A plataforma está sendo disponibilizada de duas formas: compartilhada para os municípios que não possuem estrutura tecnológica e compartilham material pedagógico e a segunda forma é para os municípios que desejam usar a plataforma individualmente, dessa maneira será instalado no servidor local.

Comdecom

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Mundo

Atualmente, é comum que navegadores de internet como o Google Chrome ou o Safari já venham de fábrica instalados diretamente nos sistemas operacionais. Porém,...