Capital Rondônia

PORTO VELHO – População de distritos e comunidades ribeirinhas recebem vacinação

Cerca de 500 pessoas foram imunizadas entre idosos, doentes crônicos e vacinação de rotina

A prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), executou uma grande ação de imunização em mais uma etapa da Campanha Nacional de Influenza, que previne contra a gripe H1N1, H2N3 e Influenza B, nos distritos, comunidades e localidades ribeirinhas, além de linhas rurais de Porto Velho. A ação aconteceu no último final de semana, dias 24 e 25 de abril.

No Baixo Madeira, as equipes de imunização da Semusa estiveram nos distritos de Nazaré, Conceição, São José, Cujubim Grande, Bom Jardim, Mutuns, Pau D’Arco e localidades adjacentes.

As atividades também aconteceram nos distritos da BR-364 como Jaci-Paraná, Nova Califórnia, além de União Bandeirantes e linhas rurais.

Cerca de 500 pessoas foram vacinadas nesta iniciativa que envolveu 20 profissionais de saúde. O público-alvo prioritário da ação foram idosos com 60 anos ou mais que ainda não tinham sido vacinados, inclusive acamados, doentes crônicos e demais pessoas do grupo determinado na segunda fase da campanha.

Segundo a gerente do departamento de Imunização da Semusa, Elizeth Gomes, a vacinação de rotina para crianças também foi realizada nesta ação. “Por determinação do Ministério da Saúde, a vacinação de rotina ficou suspensa por 20 dias, mas já voltou a ser disponibilizada nas unidades de saúde”, explica. São consideradas de rotina as doses de tetravalente, poliomielite, tríplice viral, hepatite, febre amarela, entre outras.

Segunda Fase

A segunda fase da Campanha Nacional de Influenza, iniciada em Porto Velho no último dia 17 de abril, continua em andamento. Cerca de 35 mil pessoas já receberam a vacina que está disponível nas unidades de saúde e a população não tem enfrentado filas.

Profissionais das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional, presidiários, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas, caminhoneiros, indígenas, motoristas e cobradores de transporte coletivo (motoristas de táxi a aplicativo não estão incluídos) tem até o dia 8 de maio para vacinar.

A terceira etapa da campanha está prevista para iniciar no dia 9 de maio para professores das escolas públicas e privadas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência.

Comdecom