Mundo

Premiê da Itália afirma que medidas rígidas visam evitar novo confinamento

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, defendeu nesta quarta-feira as medidas para evitar a propagação do novo coronavírus, como o fechamento de alguns setores da economia, garantindo que o objetivo é que sirvam para evitar um novo confinamento geral no país.

“Essas restrições, que outros parceiros europeus estão adotando, se referem a uma precisa estratégia do governo para gerir a pandemia sem que nos dobre”, garantiu o líder do Poder Executivo, em audiência na Câmara dos Deputados.

Por EFE