Rondônia

Procon dá continuidade à “Operação Corona” em Rondônia

Secom

Garantindo o cumprimento do Decreto nº 25.220, de 10 de julho de 2020, e a segurança do consumidor do Estado de Rondônia, a Agência de Proteção de Defesa do Consumidor (Procon-RO) iniciou na última segunda-feira (24) a quarta fase da “Operação Corona” em Rondônia, que seguirá até o dia 6 de setembro.

A operação tem o intuito de fiscalizar e verificar o cumprimento do decreto de Calamidade Pública, conforme as restrições para cada fase que se encontra os municípios inseridos no Plano “Todos por Rondônia”.

O coordenador estadual do Procon, Ihgor Rego, disse que, durante a fiscalização, nos estabelecimentos serão verificados o padrão sanitário, limitação do ambiente a 40% da taxa de ocupação, utilização de máscaras, disponibilização de álcool proibição de entrada de crianças até os 12 anos de idade. “Neste momento, os bares estão impedidos de funcionar para evitar aglomeração de pessoas e a realização de confraternização, evitando a propagação do vírus”.

Também serão verificados os equipamentos recomendados para a manutenção de higiene pessoal dos funcionários, sob pena de autuação ou interdição, em casos onde o estabelecimento não esteja cumprindo com o que estabelece o Decreto em vigor. Essa fiscalização iniciou na Capital e vai ser estendida para os municípios, conforme explicou o coordenador estadual do Procon, Ihgor Rego.

O Procon Rondônia, desde o início da pandemia, vem realizando ações de fiscalização para garantir proteção e segurança aos consumidores rondonienses, e conta com o apoio deles para enviar reclamações e denúncias por meio dos canais de atendimento: Telefone 151; Whatsapp: (699 8491-2986; (69) 98482-0928pela página oficial do Facebook Procon Rondônia.

Outro canal de atendimento é a plataforma on-line: procon.ro.gov.br ou www.consumidor.gov.br.