Connect with us

Hi, what are you looking for?

Destaques

Produtos comercializados em prateleiras de supermercados são reprovados pelo Ipem

O Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia (Ipem-RO) reprovou 13 produtos comercializados em prateleiras de supermercados do Estado. As perícias foram realizadas no período de 11 a 20 de janeiro, no Laboratório de Pré-Medidos do Instituto. Dentre os produtos reprovados estão: atum e preparado de caldo de carne, além de guardanapos de papel, papel higiênico, sabonete líquido, toalha umedecida e lava louças.

Ao todo, foram avaliados 45 produtos, de acordo com as Portarias 248/2008 (média de conteúdo)157/2002 (análise da embalagem) e 149/2011 (unidade e comprimento) do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Segundo a metrologista do Ipem, Elli Maus, o resultado foi satisfatório dentro das avaliações realizadas pelo órgão. “Foi um resultado razoável, já que não chegamos a 30% de reprovações nos produtos nesse primeiro ciclo de perícias do ano”, frisou.

Para o presidente do Ipem, Aziz Rahal Neto, o trabalho de monitoramento seguirá sendo realizado em estabelecimentos na Capital e no interior do Estado. “São ações desenvolvidas pelo Governo de Rondônia, em conjunto com o Inmetro, que garantem o compromisso com a segurança do consumidor no ato da compra e a certeza de que está adquirindo o produto de acordo com as especificações contidas na embalagem”, disse Aziz.

As empresas foram notificadas e terão dez dias para apresentar suas defesas junto ao jurídico do Ipem-RO, em virtude da constatação de irregularidade nos produtos.

O consumidor que encontrar ou suspeitar de alguma irregularidade em produtos à venda nos supermercados, pode relatar o ocorrido à Ouvidoria do Ipem, pelo e-mail ouvidor@ipem.ro.gov.br ou pelo telefone (69) 98479-9055.

IPEM

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

Cultura

Oi, aqui é o Álisson, prazer, quem me conhece pessoalmente sabe que sou bocudo  –  em várias variáveis, inclusive. Começo pelo meu fenótipo: boca...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...