Capital Destaques Educação Rondônia

Professor da rede de ensino público será imortalizado no próximo sábado

No próximo sábado (14), a partir das 19h30, no Teatro Guaporé, será realizada a solenidade de posse dos mais novos membros da Academia Rondoniense de Letras (ARL).

Fundada no dia 17 de agosto de 2015, a Academia Rondoniense de Letras, Ciências e Artes é uma entidade literária com sede no município de Porto Velho.

Sua finalidade é reunir os principais nomes do cenário científico, artístico, literário e político que atuam no estado de Rondônia.

A ARL disponibiliza 40 cadeiras para integrantes. Cada membro recebe um título de um patrono ligado à arte e a história de Rondônia. Neste sábado, serão imortalizados 18 nomes que preencherão as 40 cadeiras da Academia.

Destaque para educação pública

Entre os nomes convidados para se tornar imortal, foi o professor de história Célio Leandro Silva é o único entre os demais professores selecionados que ministra aulas em instituição de ensino público.

O gestor da escola Major Guapindaia é professor de história tanto da rede pública de ensino municipal quanto do estado. Na rede pública, o mestre coordena juntamente com uma equipe o Enem Municipal, distribuído em quadro polos na cidade.

Para Leandro, o reconhecimento de um professor de ensino público enaltece a qualidade de ensino gratuito, e sua imortalidade representa todos os demais docentes de escola pública que dedicam com amor e dedicação superando as dificuldades encontradas no ensino público.

“Estou muito honrado em fazer parte desta academia, não somente pelo título de imortal, mas pela oportunidade de poder contribuir com os trabalhos realizados por esta instituição. Quero poder contribuir para uma academia viva, que esteja mais próxima da comunidade, mais próxima do aluno e que a ARL possa contribuir projetos de estímulos à leitura e a produção. Sinto-me honrado pelo convite e estimulado para poder contribuir com as Letras, em meu Estado”, enfatizou o professor.

Novos imortais

Cadeira

Nome Patrono / Patronesse

Nº 5

Maria Berenice Alho da Costa Tourinho – Professora, doutora, pós-doutora com livros publicados.

Professora Marise Magalhães Costa Castiel

Nº 6

Andréa Andreus da Silva Figueiredo – Pianista e educadora musical

José Vicente de Melo e Silva

Nº 9

Aleks Palitot – Professor, historiador, vereador, com livros publicados, apresentador de programa denominado Trilhando uma História.

Historiador e padre Vitor Hugo

Nº 12

Rosinaldo Machado – Fotógrafo, autor das imagens que registram os feitos do ex-governador Jorge Teixeira.

Jorge Teixeira de Oliveira

Nº 13

Ernesto Melo – Compositor, músico, poeta da cidade e autor das canções mais emblemáticas da cidade de Porto Velho: “Porto Velho, meu dengo”.

José Alves da Silva – Zezinho Maranhão

Nº 18

Rosângela Aparecida Hilário – Professora, doutora, pós-doutora e grande liderança no movimento negro de Rondônia e do Brasil.

Tereza de Benguela

Nº 20

João Batista Correia – Funcionário público com diversos livros publicados, economista, cronista e poeta.

Joaquim Araújo Lima

Nº 22

Nestor Ângelo D’Andrea Mendes – Médico, mestre, orientador com diversos livros publicados.

Carl Lovelace

Nº 23

Célio Leandro Silva – Professor, doutorando, com livros publicados e coluna semanal em sites de jornalismo.

José Pontes Pinto

Nº 26

Zênia Cernov – Advogada de renome com vasta experiência na arte de escrever. Na área do Direito, já publicou vários livros.

Desembargador Hélio Fonseca

Nº 29

Délcio Alves Pereira – Médico, romancista, contista, cronista com vários livros publicados.

Belisário Penna

Nº 30

Diego de Paiva Vasconcelos – Advogado, professor/doutorando, autor de inúmeros textos em revistas jurídicas, inclusive sua tese de doutorado será publicada por uma conceituada editora nacional.

Fouad Zacharias Darwich

Nº 31

Celeste da Silva Sousa – Professora/mestra que atua na área da literatura regional, onde tem feito trabalhos com foco em autores locais.

Pedro Tavares Batalha

Nº 34

Antônio Serpa do Amaral Filho – Funcionário da justiça federal, advogado, escritor e poeta. Dom João Batista Costa
Nº 35 Marco Antônio Faria – Juiz aposentado, membro da Academia Maçônica de Letras, com vasta experiência em atividades culturais e educacionais.

Áureo de Melo

Nº 36

Cledenice Blackman – Professora, pesquisadora da memória e história dos ‘barbadianos’ na cidade de Porto Velho e escritora. Henry Major Tomlinson
Nº 37 José Gadelha da Silva Júnior – Jornalista com grande experiência no jornalismo da TV aberta e já com dois livros publicados.

Assis Chateaubriand

Nº 38 Silvio Santos – Zé Katraca – Jornalista, autor de uma coluna semanal divulgada pelo Jornal Diário da Amazônia e em diversos sites de jornalismo, já publicou um livro e é grande batalhador pela realização de eventos folclóricos no estado de Rondônia.

José Ailton Ferreira Bahia