Connect with us

Hi, what are you looking for?

Entretenimento

Professores e alunos de Teatro têm projetos aprovados em editais da Lei Aldir Blanc

III Mostra de Encenações do DArtes/UNIR é um dos projetos aprovados e acontecerá em março de 2021

Projetos de professores, alunos e ex-alunos do Curso de Licenciatura em Teatro da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), submetidos em editais da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc e executados pelo Governo de Rondônia por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), foram aprovados e já estão em fase de planejamento e execução. Os projetos serão realizados de forma remota, devido à pandemia de Covid-19.

Para o Chefe de Departamento do Curso de Licenciatura em Teatro, Professor Doutor, Luciano Oliveira, o sentimento com relação à expressiva quantidade de projetos de alunos e professores do curso aprovados é de orgulho.  O docente destaca que essas aprovações demontram que “[…] nós professores estamos desenvolvendo um bom trabalho.

Que contribuímos para o crescimento profissional, artístico e humano deles. Quanto aos colegas de trabalho, observo o amadurecimento, a consolidação e o reconhecimento das pesquisas artísticas de cada um. Inclusive das minhas. É muito bom fazer parte de um corpo docente com profissionais tão gabaritados. Isso é motivador, pois a cada projeto aprovado de um colega, aumenta em nós o desejo de também escrevermos e termos aprovados os nossos projetos.

Trata-se de uma relação saudável de cooperação e de trocas artístico-acadêmicas. Assim, em todas as esferas, o crescimento é conjunto:  crescem os alunos, os professores, a universidade e a comunidade teatral de Porto Velho”.

Três dos projetos aprovados contam com a colaboração do Professor Luciano Oliveira, dentre eles a III Mostra de Encenações do DArtes/UNIR (Medu III), que tem como proponente a acadêmica do curso de Teatro,  Stephanie Caroline Matos Dantas e que foi aprovada no Edital nº 80/2020/Sejucel-Codec 1ª Edição Pacáas Novos do Edital de Chamamento Público para difusão de festivais, mostras e feiras artísticas e culturais. “A realização da III Mostra de Encenações do DArtes/UNIR, mesmo que de forma remota, demonstra a entrada definitiva desse evento no circuito de festivais e mostras artísticas do estado de Rondônia. Ou seja, é um evento que veio pra ficar. E, neste ano, particularmente, após a aprovação da III Mostra em um edital da Lei Aldir Blanc, a possibilidade de poder pagar cachês aos artistas e técnicos participantes é muito gratificante. Enfim, a Mostra caminha a passos largos rumo à profissionalização”, comenta o docente.

Sobre a III Mostra de Encenações do DArtes/Unir

A III Mostra de Encenações do DArtes/Unir (MEDU III) acontecerá, de modo on-line, em plataforma de streaming, entre os dias 26 e 28 de março de 2021. A Mostra de Encenações é um projeto de extensão do Departamento de Artes da Universidade Federal de Rondônia, mais especificamente do Curso de Licenciatura em Teatro, com coordenação do Professor Dr. Luciano Oliveira.

Trata-se de um evento no qual são apresentados ao público os projetos de encenação e artísticos desenvolvidos pelos alunos das disciplinas “Linguagem da Encenação Teatral” e “Fundamentos da Direção Teatral”, ministradas por esse professor. “Já realizamos, com muito êxito, no Teatro Guaporé de Porto Velho, duas edições dessa mostra: uma em 2017 e outra em 2018. Na terceira edição teremos apresentações dos seguintes vídeos: Avesso, Eldorado, A Carne e Caipora – Cena 1: O Jardim do Éden. Contaremos ainda com a apresentação dos espetáculos convidados Ela, Aquela e a Outra, da encenadora Stephanie Matos Dantas, e que já cursou as referidas disciplinas, mas cuja turma não pode participar das mostras anteriores; e Yalla, go!, do professor e ator Júnior Lopes. Por fim, realizaremos, pela primeira vez, junto com a mostra, o Seminário Processos Criativos em Tempos de Pandemia de COVID-19: do Teatro Convivial à Arte Tecnovivial”, adianta Luciano.

Relação dos projetos aprovados com seus respectivos proponentes:

a)        Edital nº 77/2020/Sejucel-Codec 1ª Edição Mary Cyanne: Jamile Soares (A Cena Negra Amazônica), Amanara Brandão (Que palhaçada é essa?), Raoní Izoli Amaral (Sanfona do Norte), Flávia Alessa Diniz Galvão (A Borracheira) e Stephanie Caroline Matos Dantas (Gritos do Cotidiano – Rompendo Estruturas),  Andressa Christiny do Carmo Bastista (Oficina Produção de eventos culturais em plataforma virtual), Anderson Ferreira (Futuro –  Anderson Black),

b)        Edital nº 83/2020/Sejucel-Codec 1° Edição Alejandro Bedotti: Amanara Brandão Dos Santos Lube (Uma Estética dos Restos), Luciano Flávio de Oliveira (Fegues), Luiz Daniel Lerro (Mancebarranco Porto Velho: um tablóide virtual de ousadas webperforsarte)), Raoní Izoli Amaral (A Festa Junina de  Porto Velho) e Adailtom Alves Teixeira (Pioneiros: chegadas, partidas e travessias), Andressa Christiny Do Carmo Batista (Partidas e Mecânicas …).

c)        Edital nº 78/2020/Sejucel-Codec 1ª Edição Jair Rangel “Pistolino”: Adailtom Alves Teixeira (Poético Visual); Anderson Ferreira (Elipses).

d)        Edital nº 86/2020/Sejucel-Codec 1ª Edição Marechal Rondon: Amanara Brandão Dos Santos Lube (Entre Portos: narrativas às margens), Stephanie Caroline Matos Dantas (Website da Trupe dos Conspiradores), Taiane Sales Nunes (Portifólio artístico digital de Taiane Sales), Taiane Sales Nunes (Dicas da Palhaça Firmina);  Andressa Christiny do Carmo Bastista (Breve Manual de produção Cultural para artistas independentes), Luiz Daniel Lerro (Fórum Performance arte Norte), Andressa Christiny do Carmo Bastista (Plataforma Semear Cultura)

e)        Edital nº 80/2020/Sejucel-Codec 1ª Edição Pacáas Novos: Jamile Pereira Soares (Festival PalhAçaí), Raoní Izoli Amaral (I Mostra de Teatro Caixa Mágica), Stephanie Caroline Matos Dantas (III Mostra de Encenações do DArtes/UNIR (Medu III)), Taiane Sales Nunes (Mostra de Performances Feministas), Edmar Leite (m.TAPIRI ed PerformArte.RO).

Para conferir todos os projetos selecionados em Rondônia acesse o link: https://bit.ly/3q4u7Hn. Para mais informações sobre a  Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc),  que  foi criada com a finalidade de auxiliar trabalhadores da cultura e os espaços culturais no período de isolamento social, decorrente da pandemia da Covid-19, acesse o link: https://bit.ly/3cR2air .

Legenda da imagem

Sucesso de público na II Mostra de Encenações do DArtes/UNIR, realizada em novembro de 2018, a personagem Zahara, de “Tabule”, da Cia Peripécias de Teatro Universitário e interpretada pelo ator e professor Júnior Lopes, retorna em nova cena na 3ª edição da Mostra, que acontecerá de 26 a 28 de março de 2021.

 

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

Cultura

Oi, aqui é o Álisson, prazer, quem me conhece pessoalmente sabe que sou bocudo  –  em várias variáveis, inclusive. Começo pelo meu fenótipo: boca...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...