Rondônia

Programa Educacional Bombeiro Mirim ajudará crianças em zonas de vulnerabilidade social em Rondônia

O governo de Rondônia, por intermédio do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRO), enviou para a Assembleia Legislativa a mensagem de Lei nº 133, de 16 de junho de 2020, transformando o Curso de Formação de Bombeiro Mirim no Programa Educacional Bombeiro Mirim (Proebom), que tem como objetivo ajudar aproximadamente 480 crianças, por ano, em zonas de vulnerabilidade social em todo o Estado.

De acordo com o capitão Bombeiro Militar, Victor Paulo Rodrigues de Souza, o Programa será implantado nos municípios do Estado onde há unidade do Corpo de Bombeiros Militar. Atendendo crianças com idade de 10 anos a 12 anos, que estejam cursando o 5º ou 6º ano escolar.

“O objetivo do programa é construir um processo de resgate à cidadania e o civismo de crianças e adolescentes que vivem em situações de vulnerabilidade, proporcionando a elas condições que auxiliem a abandonar maus hábitos e substituir por hábitos saudáveis de boa conduta”, disse capitão Victor.

Na estrutura de ensinamento do Programa está a organização militar, hierarquia e a disciplina. Além de aprimorar os conhecimentos sobre temas do cotidiano, como noções de primeiros socorros, saúde, doenças infectocontagiosas, acidentes domésticos, meio ambiente, cidadania, civismo e educação no trânsito.

A equipe gestora do Proebom acompanhará a vida escolar das crianças e adolescentes, para elevar o desempenho intelectual, oferecer reforço escolar nas disciplinas de Português e Matemática, e evitar a evasão escolar.

A expectativa é que esse Projeto de Lei seja aprovado ainda em 2020 para ser colocado em prática em março de 2021.

Secom