Siga nossas redes sociais!

Hi, what are you looking for?

politica

Projeto suspende cobrança de dívidas de quem teve redução de salário

Dênio Simões/Agência Brasília

Mencionando o “cenário aterrador” resultante da pandemia da covid-19, a senadora Rose de Freitas (Podemos-ES) propõe a suspensão da cobrança de empréstimos tomados por trabalhadores que tiveram remuneração reduzida por força do estado de calamidade pública.

A suspensão prevista no PL 3.693/2020 beneficia servidores públicos e empregados públicos e privados e aplica-se a empréstimos e financiamentos tomados de quaisquer instituições financeiras. Quanto à redução de salários, Rose faz referência ao Decreto Legislativo 6/2020, que reconhece o estado de calamidade pública decorrente da crise do coronavírus.

A senadora chama a atenção para os esforços de todos os países para responder aos efeitos econômicos adversos do isolamento social e da limitação da produção, principalmente através do estímulo ao crédito e à manutenção de renda e de empregos.

“Destacam-se como especialmente prejudicados os trabalhadores que tiveram seus salários reduzidos, sejam estes da esfera pública ou privada, e que, portanto, vêm-se subitamente incapazes de arcar com despesas básicas familiares, como destinadas a saúde e alimentação”, afirma a parlamentar, argumentando que há interesse público em conceder alívio financeiro aos cidadãos com dívidas.

Fonte: Agência Senado

Comente
Avatar
Escrito por:

Você pode gostar

Destaques

Fico encantado com uma parte música ‘´Piano Bar’, do grupo Engenheiros do Hawaii: “Na verdade nada é uma palavra esperando tradução”. A canção é...

Destaques

O Ministério Público do Estado de Rondônia e a Policia Civil deflagraram neste sábado, 6 de março de 2021, a terceira fase da Operação...

Capital

Por causa do aumento no nível do rio Madeira, fenômeno natural nessa época do ano, a Prefeitura de Porto Velho decidiu mudar, temporariamente, a...

Destaques

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...