Rondônia

Projetos da Energisa oferecem vagas em vinte regiões do estado

O mês de agosto chegou com boas notícias para quem está em busca de emprego e tentando se recuperar da crise econômica. O Grupo Energisa e suas empresas parceiras continuam investindo e contratando em Rondônia. Nesse momento, existem cerca de 150 oportunidades para o setor elétrico e construção civil em mais de vinte regiões do Estado.

A Energisa Rondônia está com processo seletivo para preencher 70 vagas para eletricista, 35 vagas de eletrotécnicos e 05 de engenheiros. Os postos são para atuar nas regiões de Porto Velho, Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Vale do Anari, Buritis, Machadinho, Mirante da Serra, Ouro Preto, Alvorada do Oeste, Costa Marques, São Francisco, São Miguel, Cacoal, Espigão do Oeste, Rolim de Moura, Presidente Médici, Corumbiara, Colorado do Oeste e Cujubim. Os interessados devem enviar o currículo pelo site do Grupo Energisa até o dia 21/08.

André Theobald, diretor-presidente da Energisa Rondônia, explicou que por prestar um serviço essencial, a Energisa manteve suas atividades, inclusive o cronograma de obras e investimentos, que são essenciais para o desenvolvimento do Estado. “Apesar da pandemia, a Energisa realizou mais de 200 contratações no Estado. Todos os novos colaboradores passaram por treinamento e foram orientados a seguir não apenas as normas técnicas de segurança, mas também os novos protocolos de combate à Covid-19”, concluiu.

Na área da construção civil, a empresa Embrace Engenharia, com mais de 50 anos no mercado, se prepara para começar a obra de construção da subestação de Abunã, distrito de Porto Velho. Para o início das atividades, foram disponibilizadas mais de 100 vagas. Uma parte do time já foi contratada, mas ainda existem vagas abertas para armador, carpinteiro e pedreiro. Os interessados podem enviar currículo para helio@embraceeng.com.br

O objetivo da empresa é contratar mão de obra local, as vagas foram abertas para pessoas da região de Abunã e posteriormente serão oferecidas oportunidades para Vista Alegre, Extrema e Nova Califórnia. Até o final do ano, a estimativa é gerar emprego para cerca de 350 pessoas nos distritos de Porto Velho.

Energisa